Notícias / Educação

26/06/19 às 09:39

Sintep impede entrada de servidores da Sefaz e pode reduzir arrecadação do Estado

Grupo pequeno de manifestantes bloqueou a entrada principal da Sefaz e prejudica servidores

Secom-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Sintep impede entrada de servidores da Sefaz e pode reduzir arrecadação do Estado

Foto: Marcos Vergueiro/Secom/MT

O Sindicato dos Profissionais da Educação (Sintep) está impedindo a entrada dos servidores públicos que trabalham na Secretaria de Estado de Fazenda, órgão sem nenhuma vinculação com o movimento grevista. Na porta da secretaria já há uma fila de servidores aguardando o espaço ser desbloqueado para entrar no prédio.

Os sindicalistas chegaram antes das 7horas e colocaram um carro de som no portão de entrada da Sefaz, o que impede que qualquer veículo entre ou saia da sede da secretaria.

Além disso, eles também estão impedindo a passagem dos veículos na avenida principal do Centro Político Administrativo, causando tumulto e engarrafamento no trânsito. A ação radical tem a adesão de um pequeno grupo de professores.

A atitude dos grevistas prejudica não só os servidores públicos, mas os cidadãos que procuram o órgão e deve refletir também na redução da arrecadação.

Em um momento de crise econômica, em que o governo realiza todos os esforços possíveis, o movimento comandado pelos sindicalistas vai à contramão dos interesses da própria categoria, pois prejudica diretamente o aumento da receita do Estado.

Outro reflexo dessa ação é que a categoria desrespeita decisão judicial que impede que os sindicalistas façam qualquer tipo de piquete ou bloqueie a entrada de servidores públicos para o exercício de suas atividades.

O Sintep deverá pagar multa por ter desobedecido a uma decisão judicial e impedido centenas de pessoas de exercerem seu direito de escolha em trabalhar e não participar do movimento.

Vale lembrar que na terça-feira (25) o Sintep também fez um bloqueio na BR-364, impedindo o livre trânsito de cidadãos e trabalhadores que precisam circular pela rodovia.

Desde que o movimento grevista começou, no dia 27 de maio, a adesão a greve só vem caindo.

Atualmente, 357 escolas estão atendendo normalmente os alunos, 68 unidades estão de forma parcial e 342 unidades ainda estão no movimento.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Paiva Netto

Hiroshima

Em 6 de agosto de 2019, precisamente às 8h15, completam-se 74 anos do lançamento da bomba atômica sobre Hiroshima, depois foi a vez de Nagasaki, também no Japão. Data que jamais será varrida das...

 
 
 
 
Sitevip Internet