Notícias / Governo de MT

25/06/19 às 13:19

Governo retoma 79 obras de rodovias e pontes e beneficia 1,6 milhão de pessoas no interior

São cerca de 70 localidades com serviços de pavimentação e revitalização de estradas, além da construção de pontes nas principais regiões de Mato Grosso

Ivana Maranhão | Secom-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Governo retoma 79 obras de rodovias e pontes e beneficia 1,6 milhão de pessoas no interior

Obra- na MT-388 em Campos de Julio

Foto: Secom/MT

Setenta e nove obras de pavimentação, revitalização de rodovias e construção de pontes, retomadas ou iniciadas nos últimos dois meses, começam a ganhar ritmo acelerado em Mato Grosso. Segundo mapeamento da equipe técnica da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), empresas estão trabalhando em ao menos 70 localidades do Estado, englobando municípios e distritos, beneficiando uma população de mais de 1,67 milhão de pessoas no interior, considerando os dados de estimativa populacional de 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os contratos em andamento integram os programas de financiamento da Sinfra. Entre eles, o MT Integrado, criado para garantir o desenvolvimento econômico e social dos municípios, interligando as cidades mato-grossenses por meio de rodovias asfaltadas; o Prodestur, que tem como alvo a realização de investimentos de infraestrutura nas regiões que formam o chamado “Corredor Turístico”; o Pró-concreto, destinado à construção de pontes de concreto no Estado; e o Restaura – voltado à restauração de rodovias. 

No total, são 1.566 quilômetros de rodovias e extensão de pontes que passarão por algum tipo de serviço, sendo 37 contratos referentes a rodovias e 42 a construção de pontes, conforme dados da Secretaria Adjunta de Obras Rodoviárias (SAOR), da Sinfra. Os recursos para os serviços são provenientes de financiamento e do Fundo de Transporte e Habitação (Fethab), destinado à infraestrutura.

O secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, explica que essas obras integram o pacote das 114 ordens de serviços autorizadas pelo governador no mês de março. Porém, como o período de chuvas se alongou muito os trabalhos tiveram impulso a partir de maio. “Alguma dessas obras eram aguardadas há décadas pela população, como no caso da MT-240, entroncamento com a BR 364, no trecho entre Diamantino e Nova Marilândia, que nos últimos 30 anos não havia passado por nenhum tipo de revitalização completa”, revelou ele.

De acordo com o titular da Sinfra, as obras estão sendo impulsionadas em todas as regiões do Estado, buscando sempre atender os trajetos prioritários para o desenvolvimento estadual e a melhoria de vida da população. E exemplificou: “em maio demos a ordem de serviço e os trabalhos avançaram na MT-270, entre Rondonópolis e Guiratinga. Da mesma forma entre Guiratinga e Tesouro (MT-110), onde está em andamento a pavimentação de 41 quilômetros de rodovia, e, agora, estamos concluindo a revisão final do projeto executivo para dar a ordem de serviço entre Guiratinga e Alto Garças (MT-110)”, detalhou Marcelo de Oliveira.




O avanço nas obras também pode ser notado na região de Campos de Júlio, que se destaca pelo potencial na produção de grãos. Neste trecho, situado na MT-388, no entorno do Rio Juruena, estão sendo restaurados 45,7 quilômetros de rodovia.

E os exemplos não param por aí. Também estão em andamento a obra de pavimentação da MT-338, no trecho entre os municípios de Tapurah e Itanhagá, num total de 53 quilômetros. O trabalho faz parte do programa Restaura. Outro trajeto em destaque é a revitalização e restauração MT-235 nas proximidades de Campo Novo do Parecis (no entroncamento da MT-249), outra região produtora de grãos de Mato Grosso. O contrato em questão foi retomado neste ano e prevê o asfaltamento de 75 quilômetros de estrada. Ainda na região de Campo Novo, está em fase de planejamento a revitalização do trajeto até Sapezal, numa extensão de 105 quilômetros pelo programa Restaura.

Somado a essas obras, as máquinas estão trabalhando também na pavimentação da MT-240/020, no entroncamento da MT-244, entre Nova Brasilândia e Planalto da Serra. São 53 quilômetros previstos de asfalto, dentro do programa Pró-Concreto.

Outro trecho muito aguardado pela população e que está em andamento é o da MT-326, de Cocalinho (divisa com o Estado de Goiás) a Nova Nazaré. As obras contemplam a pavimentação de 35,2 quilômetros, dentro do programa MT Integrado.




Pontes

Entre abril e o início de junho, 42 obras de pontes do programa Pró-Concreto foram retomadas pela Secretaria de Infraestrutura e Logística e estão em andamento nas diversas localidades do Estado.  A ponte sobre o Rio Borecaia, na MT 326 - entroncamento da BR-158 – no município de Cocalinho - divisa com Goiás -  é uma dessas obras. Conforme a fiscalização da Sinfra, os trabalhos estão adiantados e 60% dos serviços já estão executados. A previsão de término é para o fim do ano.

A secretaria retomou também a execução da ponte na MT-488, entre os municípios de Nova Maringá e Tapurah, norte do Estado. A ponte sobre o rio Arinos III começou a ser construída em 2017, mas acabou não sendo concluída na gestão 2015-2018. Agora, o empreendimento do programa Pró-concreto foi reiniciado e está em andamento.

A Sinfra recomeçou ainda, no Nortão, a obra da ponte de 120 metros sobre o Rio Braço Norte, em Guarantã do Norte, na MT-419. Os trabalhos estão em ritmo forte na região de Matupá, na MT-322, a ponte neste trecho está localizada no rio Porcão e terá 60 metros. Soma-se à listagem, a obra sobre o rio Verde, de 180 metros, no município de Sinop, na MT-222.

Em Pontes e Lacerda, os trabalhos são na MT-473, no rio Alegre (Projeto Matão) e ainda sobre o córrego Fundo de Pedra. Neste trecho a extensão é de 40 metros.




Já na região sul de Mato Grosso, foram retomados os trabalhos para construção da ponte sobre o rio Vermelho, situada na área urbana de Rondonópolis, na Avenida W 11. Lá a extensão é de 225 metros. Na região de Cáceres, na MT-343, são duas pontes sendo construídas no trecho até Barra do Bugres. Uma delas sobre o córrego Saloba e a segunda sobre o córrego das Onças.

A lista de obras de pontes em andamento atende ainda trechos turísticos na região de Porto Jofre, no Pantanal, sobre o rio Pixaim. No total, são três pontes na MT-060, com tamanho entre 50 e 40 metros de extensão.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, ressaltou que essas são obras importantes e que compõem os programas de financiamento da Sinfra que devem ser concluídos nos dois primeiros anos da gestão atual.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Considerações sobre o eclipse solar parcial de 2 de julho

Só por curiosidade, estou enviando a figura que fornece/forneceu  a informação COMPLETA sobre o eclipse solar de 2 de julho último. Acima, à esquerda há um marcador com o sinal + que aumenta o mapa...

 

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos professores de MT

 
 
 
Sitevip Internet