Notícias / Governo de MT

24/06/19 às 12:46

Sistema que controla produção de madeira nativa de Mato Grosso terá padrões europeus

Daniela Torezzan, Cipem

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Sistema que controla produção de madeira nativa de Mato Grosso terá padrões europeus

Foto: Assessoria

Um estudo vai comparar o Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora) de Mato Grosso com os padrões internacionais de sustentabilidade de madeira nativa reconhecidos pelo mercado europeu. A proposta é analisar todos os aspectos dos protocolos de controles mato-grossense e europeu identificando semelhanças e diferenças, com avaliação crítica da eficiência de ambos e, ao final, recomendar os ajustes necessários para que o Sisflora atenda aos requisitos internacionais. O objetivo é criar um selo de sustentabilidade que atenda a legislação brasileira e os protocolos europeus, conferindo garantias para a comercialização internacional de madeira nativa.

Esse trabalho é a primeira etapa de uma parceria firmada este ano entre o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira de Mato Grosso (Cipem) e a Iniciativa para o Desenvolvimento Sustentável (IDH), que estabeleceu um memorando de entendimento com ações para promover e valorizar o setor de base florestal de Mato Grosso.

Com a parceria, serão desenvolvidas atividades para melhorar, continuamente, a cadeia de valor do setor florestal no estado. Além dessa atividade, estão previstas ações de suporte técnico e financeiro para criar um Sistema de Registro de Gestão Florestal Digital, realização de intercâmbios, visitas técnicas e eventos, além do desenvolvimento de estratégias de comunicação para melhorar a imagem do setor base florestal e o acesso a novos mercados, tanto no Brasil quanto no exterior.

As ações estão em consonância com a Estratégia Estadual Produzir, Conservar e Incluir (PCI), uma coalizão territorial de longo prazo para mitigar as questões relacionadas ao uso do solo e recursos naturais. Um dos objetivos da PCI é estabelecer mecanismos de transparência e governança para atrair investimentos que promovam o desenvolvimento sustentável do estado.

Atualmente, Mato Grosso possui 3,7 milhões de hectares de florestas nativas privadas conservadas por meio de Manejo Florestal Sustentável, com expectativa de chegar a seis milhões de hectares até 2030.

Sobre o estudo

Para realização do estudo, a IDH abriu um edital de contratação de consultor, que pode ser conferido aqui.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Considerações sobre o eclipse solar parcial de 2 de julho

Só por curiosidade, estou enviando a figura que fornece/forneceu  a informação COMPLETA sobre o eclipse solar de 2 de julho último. Acima, à esquerda há um marcador com o sinal + que aumenta o mapa...

 

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos professores de MT

 
 
 
Sitevip Internet