Notícias / Agricultura

22/06/19 às 00:43 / Atualizada: 22/06/19 às 03:45

Pronaf e Pronamp terão os maiores orçamentos de suas histórias no Plano Safra

Ministério da Agricultura anuncia R$ 31,22 bilhões para o Pronaf e R$ 26,49 bilhões para o Pronamp

Mapa

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Pronaf e Pronamp terão os maiores orçamentos de suas histórias no Plano Safra

Foto: Divulgação

O anúncio do Plano Safra 2019/2020, que neste ano voltou a incluir todos os produtores rurais, beneficiou os agricultores familiares, avalia o secretário da Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Fernando Schwanke. “Foi uma excelente notícia, com aumento significativo de recursos”, comemorou.
 
O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) terá neste ano R$ 31,22 bilhões. Schwanke lembra que na Safra 2018/2019 eram R$ 31 bilhões, mas estavam incluídos cerca de R$ 4 bilhões do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

“Isso traz tranquilidade aos agricultores familiares deste país e, certamente, o volume destinado a custeio e investimento alavancará a produção”, ressaltou, destacando que também o médio produtor terá a atividade fortalecida. “Os recursos para o Pronamp passaram para R$ 26,49 bilhões, o que representa um aumento de 32% . Este é um público que receberá atenção especial do Ministério da Agricultura. É uma determinação da ministra Tereza Cristina, e este aumento de recursos já demonstra claramente esta posição”.

 
 
Casas financiadas pelo Pronaf

Schwanke destacou ainda  que uma grande novidade no Plano Safra para a agricultura familiar é a possibilidade de os agricultores financiarem a reforma ou construção de casas pela linha do Pronaf Investimento, com juros de 4,6% ao ano, carência de três anos e até 10 anos para pagar.  Serão destinados R$ 500 milhões a essa finalidade. O secretário estima que será possível construir até 10 mil casas para os agricultores. 

O financiamento de casas pelo Pronaf era um pleito antigo do setor. Trabalho conjunto das secretarias de Política Agrícola (SPA) e de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF) levou ao convencimento de integrantes do Conselho Monetário Nacional para essa necessidade.

 
 
“Desde o início, levamos a ministra e técnicos da Secretaria de Política Agrícola para tratar da importância de incluir esse tipo de financiamento. Moradia é dignidade. Estamos muito felizes por essa grande conquista”, destacou Schwanke.

Irrigação e palma forrageira no Nordeste
Para o Nordeste brasileiro,  são prioridades os financiamentos de irrigação e a implantação de áreas de palmas forrageiras. Para tanto, o Pronaf garantiu as taxas de juros de 3% ao ano em ambas as atividades, com três anos de carência e 10 anos para pagamento.

Plantas medicinais, condimentares e aromáticas
Para cobrir o Programa Bioeconomia Brasil – Sociobiodiversidade, lançado no mês passado pelo Mapa, foi incluída no Pronaf a possibilidade de financiamento para plantas medicinais, condimentares e aromáticas, além de investimentos em agroindústrias e custeio para o extrativismo, nas taxas de juros de 3% ao ano, tanto para o custeio, quanto para investimentos.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Considerações sobre o eclipse solar parcial de 2 de julho

Só por curiosidade, estou enviando a figura que fornece/forneceu  a informação COMPLETA sobre o eclipse solar de 2 de julho último. Acima, à esquerda há um marcador com o sinal + que aumenta o mapa...

 

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos professores de MT

 
 
 
Sitevip Internet