Notícias / Cidades

10/06/19 às 10:36 / Atualizada: 10/06/19 às 10:42

Motoristas do transporte coletivo de Cuiabá cruzam os braços contra salários atrasados

Na garagem da empresa Integração, na rodovia Palmiro Paes de Barros, todos os veículos estão estacionados e os motoristas parados

24 Horas News

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Motoristas do  transporte coletivo de Cuiabá cruzam os braços contra salários atrasados

Foto: Divulgação

Nenhum ônibus das empresas que realizam o transporte coletivo em Cuiabá e Várzea Grande estão em operação nesta segunda-feira (10). Os motoristas paralisaram suas atividades desde às zero hora em protesto ao não pagamento do mês de maio, que venceu no quinto dia útil, na última sexta-feira e pelo fato dos patrões estarem pagando os salários sempre fora da data e alguns casos até de forma escalonada.

 Na  garagem da empresa Integração, na rodovia Palmiro Paes de Barros, todos os veículos estão estacionados e os motoristas parados próximos ao escritório. Por volta das 5 horas, com a chegada de representantes do Sindicato da categoria eles fizeram uma manifestação onde pediram pagamento em dia e a não ocorrência de salários escalonados.

 Um diretor do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano do Estado de Mato Grosso, esteve na garagem da Empresa Integração e após um encontro com os motoristas disse à reportagem do portal de notícias 24 Horas News, que “ninguém aguenta ficar em pagamento. Paralisamos a atividade em protesto contra esta situação que vem se arrastando há vários meses. Os funcionários das empresas que operam o transporte em Cuiabá e Várzea Grande , nunca sabem o dia que vão receber seus salários e as contas tem de se pagas com juros, por culpa das empresas que não cumprem sua obrigações”, disse, ressaltando que a categoria irá às ruas de Cuiabá na próxima sexta-feira, dia 14, em protesto contra a Reforma da Previdência e ao Governo Jair Bolsonaro.

 “Hoje estamos aqui parados em apoio aos funcionários das empresas de ônibus que operam em Cuiabá e estão atrasando os nossos salários. Esta situação não ocorre em uma ou outra empresa. São em todas. Por isso, a paralisação está acontecendo em todas elas. Na sexta-feira vamos protestar contra a Reforma da Previdência. Ela não pode ser aprovado, enfiada goela abaixo do trabalhador da maneira que estão querendo”, disse.

 A reportagem procurou, na portaria da Empresa Integração algum diretor, mas informação é que não havia ninguém responsável no local por volta das 5h50.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet