Notícias / Negócios

05/06/19 às 12:28 / Atualizada: 06/06/19 às 07:39

Leilões de gado e corridas de cavalo: campeões que passam por cima da crise econômica

Carlos Santana

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Leilões de gado e corridas de cavalo: campeões que passam por cima da crise econômica

Foto: Unsplash

Em meio às paisagens exuberantes e envolta pelas águas das bacias dos rios Araguaia e Xingu, a cidade de Água Boa é sede de atrativos turísticos espetaculares. Dotada de grutas, montanhas, riachos e cachoeiras, muita gente gosta de fazer trilhas na mata preservada local. No entanto, a atividade que coroou a cidade passa longe do ecoturismo.

Imersa na atividade econômica da agricultura e pecuária, Água Boa consagrou-se referência mundial na comercialização de bovinos com o maior leilão de gado do mundo.


O mercado de leilões de gado

Muito populares, os leilões de gado movimentam milhões anualmente. É por meio destes eventos que os produtores rurais buscam os melhores preços na matéria animal, que varia entre corte e reprodutiva.

É preciso, contudo, esclarecer um conceito alvo de equívocos constantes, principalmente de leigos no assunto. O “gado” é mais amplo do que imaginamos. Como esclarece o blog RodeoWest, ao falarmos de gado, estamos nos referindo aos animais que passaram por processos de domesticação, visando a extração de benefícios à sociedade. Estes benefícios podem variar desde o consumo doméstico, ou industrial aos serviços agrícolas, ou produção alimentícia.

Desta forma, podemos fazer referência ao gado em diferentes conjuntos: bovinos, equinos, suínos, caprinos etc.


Corrida de cavalos: um ramo promissor

Foto: Unsplash
 
Um setor que tem ligação direta com o mercado de leilões é o de cavalos de corrida. O Canal Rural estima que o mercado relacionado aos equinos chega a movimentar 16 milhões de reais ao ano somente no território brasileiro.
 
Além de ser um setor que tem por característica premiações generosas, os adeptos das corridas de cavalos buscam aprimorar a genética de seus competidores visando manter uma linhagem campeã. Os leilões de gado também participam dessa triagem, funcionando como vitrines para venda de sêmen e embriões de animais consagrados em campeonatos que podem vir a gerar competidores fortes.

Apesar de se tratar de um setor que gera bons lucros, não se trata de um nicho fácil de penetrar: é preciso muito conhecimento de raças, investimento de tempo e dedicação para que se forme um cavalo campeão. Desta forma, não basta ser um amante de equinos e de corridas para que se alcance o sucesso nos jockeys.

Se sua intenção for participar deste universo, mas não mergulhando de cabeça, é possível buscar plataformas de aposta online, onde é possível encontrar informações ricas e maiores detalhes deste mundo, como as raças de mais resultado e rentabilidade do investimento.


Crise econômica

O ano de 2019 iniciou com números positivos para os gados de corte, de acordo com o Portal DBO. A expectativa é a de que o setor continue linear e firme daqui em diante.

Em 2017, segundo o portal EM, quando a crise já estava estabelecida, os criadores de cavalos de corrida também tinham expectativas otimistas em relação aos leilões.

Um mercado que gera tanto lucro não é, evidentemente, um mercado barato ou fácil. Por ser um setor muito explorado e com respaldo suficiente no governo, o mercado agropecuário não se vê imerso na atual crise econômica que os outros setores atualmente se encontram, uns mais que outros. Aos que desejam se aventurar neste segmento, é muito provável que encontrem bons ventos a soprar, mas é recomendada muita cautela e conhecimento antes de iniciar os negócios.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

José Luiz Tejon Megido

Santiago do Norte rumo a uma agrossociedade

Ao registrarmos histórias reais como a de Santiago do Norte, cidade localizada no norte de Mato Grosso, ficamos muito entusiasmados e tomados pelo que o genial autor Ariano Suassuna disse: “O otimista é um tolo. O pessimista, um...

 
 
 
 
Sitevip Internet