Notícias / Agricultura

03/06/19 às 20:21

Claúdia (MT) - Produtores de assentamento recebem documento e podem acessar crédito

As famílias beneficiárias têm garantida a segurança jurídica e o acesso às políticas da agricultura familiar, como crédito e assistência técnica.

Naiara Martins | Seaf-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Claúdia (MT) - Produtores de assentamento recebem documento e podem acessar crédito

Cada CCU dá direito a acessar até 50 mil em crédito para custeio

Foto: Lucas Diego / Seaf-MT

Neste sábado (01.06), 53 agricultores familiares do Assentamento ‘12 de Outubro’, no município de Cláudia, receberam o Contrato de Concessão de Uso (CCU) da área. Os contratos são emitidos pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e garantem ao produtor a exploração do lote no assentamento. Apesar do caráter provisório, as famílias beneficiárias têm garantida a segurança jurídica e o acesso às políticas da agricultura familiar, como crédito e assistência técnica. Cada CCU dá direito a acessar até R$ 50 mil em crédito para custeio. 

Assentados pela reforma agrária desde 2010, os agricultores tem enfrentado dificuldades para retirar o sustento da terra. Hoje o assentamento conta com cerca de 100 famílias, que trabalham basicamente na produção de frutas e hortaliças de pouca renda. 

Segundo o secretário Municipal de Agricultura, Edson Moreira, a falta de condições para acesso ao crédito tem dificultado o avanço dos produtores. Alguns sítios têm se destacado na produção de mandioca e batata, comercializados de forma in natura, em feiras livres de Cláudia e região.

Para o secretário de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), Silvano Amaral a melhoria das condições de produção passa basicamente pela união de forças em prol do bem-estar comum. Como em todas as oportunidades, o secretário fez questão de incentivar a prática do cooperativismo entre os produtores, assinalando a união de esforços como a melhor resposta para a maioria das dificuldades enfrentadas individualmente pelas famílias. O cooperativismo desempenha um importante papel para permanência do produtor no campo. Além de alavancar as vendas atraindo o interesse dos comerciantes, o acesso à novas tecnologias e o valor agregado à produção são algumas das vantagens trazidas pelo cooperativismo. 

Silvano ainda aproveitou para anunciar a decisão do governador Mauro Mendes em regulamentar a lei nº 10.502, de 18 de janeiro de 2017, que criou o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial, Familiar e de Pequeno Corte (Susaf). O objetivo é garantir autonomia aos municípios nos processos de licenciamento ambiental de pequeno porte. 

O Estado ainda se prepara para investir R$ 76,9 milhões no programa ‘Terra a Limpo’. Os recursos oriundos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) serão aplicados na regularização de 165 glebas e 378 assentamentos, localizados em 87 municípios. Outra aposta é garantir celeridade aos processos de análise dos mais de 60 mil CARs (Cadastro Ambiental Rural), que aguardam na fila de espera.  

A Seaf já tem preparada uma série de ações para atendimento aos produtores de Cláudia. Além da mecanização agrícola, e do fortalecimento à assistência técnica, uma grande parceria está sendo formatada com o Estado de Rondônia para o fomento das cadeias produtivas do café e do cacau em Mato Grosso. A proposta é envolver os agricultores na produção de variedades perenes, garantindo estabilidade econômica às famílias.  

Também participaram da entrega dos documentos o prefeito de Cláudia, Altamir Kurten; o presidente da Cooperativa dos Produtores Agropecuários da Região Norte de Mato Grosso (Coopervias), Calixto Crispim; o vereador de Cláudia Léo Rizzi, entre outros produtores e líderes locais.


DownloadAssentamento 12 de outubro
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Welyda Cristina de Carvalho

Ampliação da produção já depende de ferrovias

Todo ano, empresários do setor, produtores e governos têm dificuldade de criar condições para transportar grãos Uma nova safra recorde de milho e algodão começou a ser colhida e deve avançar...

 
 
 
 
Sitevip Internet