Notícias / Policial

03/06/19 às 13:08 / Atualizada: 03/06/19 às 13:17

Campinápolis - Dona de boca de fumo e comparsas são presos pela Polícia

Assessoria Polícia Civil

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
A dona de uma boca de fumo que traficava entorpecentes em frente a sua filha de apenas 1 ano foi presa em flagrante junto a dois comparsas, em uma ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, realizada na noite de sexta-feira (31.05), em Campinápolis. O trabalho em conjunto resultou na apreensão de drogas e dinheiro.

Contumaz no crime de tráfico de drogas, L.F.S. 26 anos, foi presa duas vezes nos últimos 60 dias, pela atuação no mercado ilícito. Ela teve a prisão preventiva convertida em domiciliar pela Justiça, de acordo com o disposto na Lei 13.769/18, que prevê essa possibilidade para que a presa possa cuidar de filho pequeno.

Além da suspeita, a sua comparsa K.A.S.S. 27 anos, e o rapaz L.V.C.A. 18 anos, também foram presos na ação, sendo todos autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

Os policiais civis e militares monitoravam a residência da jovem L.F.S. no bairro Cristalino, por novos indícios do local funcionar como “boca de fumo”. Durante vigilância, foi percebida grande movimentação de pessoas diferentes no local, até o momento em que as equipes lograram êxito em abordar um indivíduo quando saía da casa.

Durante revista pessoal do suspeito, foi apreendida uma porção de pasta base, a qual ele informou ter acabado de comprar de L.F.S. pelo valor de R$ 50. Diante dos fatos, os policiais se aproximaram do endereço onde surpreenderam a dona da casa, L.F.S. na companhia dos outros dois suspeitos, em poder de diversas porções de drogas e a quantia de mais de R$ 600.

Conforme apurado, mesmo diante do benefício da prisão domiciliar, a jovem continuava praticando o tráfico na presença de sua filha de 1 ano, e de outro bebê, de apenas três meses, filho da segunda presa, K.A.S. As duas mulheres, associadas para o crime, além de comercializar as drogas, permitiam os usuários fizessem o consumo em frente às crianças.

Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia, interrogados e autuados em flagrante. Posteriormente o rapaz L.V.C.A. foi trazido para Penitenciária Major PM Zuzi Alves de Água Boa. As duas mulheres encaminhadas para Cadeia Pública de Nova Xavantina, ficando à disposição da Justiça.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Welyda Cristina de Carvalho

Ampliação da produção já depende de ferrovias

Todo ano, empresários do setor, produtores e governos têm dificuldade de criar condições para transportar grãos Uma nova safra recorde de milho e algodão começou a ser colhida e deve avançar...

 
 
 
 
Sitevip Internet