Notícias / Policial

22/05/19 às 08:59 / Atualizada: 22/05/19 às 10:13

Massacre em Paracatu (MG) - Após assassinar ex-namorada, ex-militar das Forças Armadas mata outras três pessoas em igreja

Assassino foi baleado pela polícia e foi levado para hospital

Rafael Nascimento e Rayanderson Guerra, O Globo

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Massacre em Paracatu (MG) - Após assassinar ex-namorada, ex-militar das Forças Armadas mata outras três pessoas em igreja

Atirador invade igreja evangélica, em Paracatu (MG), e mata quatro pessoas

Foto: Reprodução

Após esfaquear e matar a ex-namorada, o ex-militar Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos entrou na noite desta terça-feira em na Igreja Batista Shalom, no bairro Bela Vista, em Paracatu (MG), e matou outras três pessoas — duas mulheres e o pai do pastor. A Polícia Militar foi acionada para o local e atingiu Aragão com um tiro de fuzil no ombro. Ele foi levado para Hospital Municipal da cidade.

De acordo com informações da Polícia Militar de Minas Gerais, antes de chegar à igreja, o homem foi até a casa da mãe, onde estava a ex-namorada — Heloísa Vieira, de 59 anos, e a golpeou com uma faca na altura do pescoço. A vítima foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros, por volta das 19h45, levada ao hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após esfaquear a ex-namorada, Rudson seguiu em direção da igreja. No local, acontecia uma reunião fechada — cerca de 20 pessoas estavam presentes no local.

O homem, que é ex-militar das forças armadas, portava uma arma modelo garrucha, calibre 36, entrou no templo e efetuou o primeiro disparo na cabeça do pai do pastor da igreja, identificado como Antônio Rama, de 67 anos. Momentos depois, atirou contra outra mulher e fez uma segunda como refém. As duas foram identificadas como Rosangela Albernaz, de 58 anos, e Marilene Marins de Melo Neves, de 57.

A ação do criminoso só parou depois que policiais militares, que realizavam um patrulhamento na região foram até o local. No momento em que a PM chegou ao templo, Rudson disparou contra a terceira vítima. Em seguida, ele foi atingido pelos militares na altura do ombro.

Os três atingidos na igreja não resistiram aos ferimentos. O pastor, que segundo a PM, é casado com a ex-namorada de Rudson, fugiu do local no momento dos tiros, pulou o muro mas fraturou o tornozelo.

De acordo com o porta-voz da PM, major Flávio Santiago, a polícia apreendeu com Rudson seis cartuchos. Após a ação da PM, o atirador foi levado também ao hospital municipal. Ele sofreu duas paradas cardiorespiratórias, mas ainda não há detalhes sobre o seu estado de saúde.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Lega (IML) da cidade.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Queimada e tempo seco não são os agentes principais das doenças respiratórias

As clínicas de otorrinolaringologista e pneumologia ficam cheias nesta época do ano. Crianças e idosos sofrem para dormir, principalmente devido à baixa resistência do organismo, fato que provoca com facilidade...

 
 
 
 
Sitevip Internet