Notícias / Educação

20/05/19 às 21:36 / Atualizada: 20/05/19 às 21:56

Profissionais da rede estadual de Educação deflagram greve por tempo indeterminado

Assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Profissionais da rede estadual de Educação deflagram greve por tempo indeterminado

Foto: Assessoria

As escolas da rede estadual de Mato Grosso paralisam as atividades a partir de 27 de maio. Essa foi a decisão retirada em Assembleia Geral dos profissionais da educação, organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT), nesta segunda-feira (20), na Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá. A deflagração demanda 72 horas para ser cumprida, conforme estabelece legislação, tempo suficiente que também o governo avance nas propostas de negociação.

Após a deliberação do movimento paredista, os profissionais saíram em passeata pelas ruas da capital, em sentido ao centro – Praça Alencastro – manifestando publicamente a indignação com o desrespeito do governo ao direitos dos trabalhadores e, contra o ataque a Educação Pública, que está sendo desmontada na gestão Mauro Mendes que intensifica as medidas do governo federal.

A greve foi deflagrada por tempo indeterminado e aprovada por unanimidade. A categoria se mantém em Assembleia permanente, dando a possibilidade de se reunir a qualquer momento, caso algum documento do governo aponte para avanços nas pautas apresentadas: Concurso Público; cumprimento da Lei 510/2013; melhoria da infraestrutura das unidades escolares; escolas do campo; e, um calendário de agenda permanente com o governo. “Desde o documento encaminhado na última Assembleia, em março, não avançou em nenhuma dessas pautas”, afirmou o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira.

Representantes dos 105 municípios que estiveram no Conselho de Representantes sábado e domingo (18 e 19), somaram com os profissionais da Baixada Cuiabana que compareceram na Assembleia. O ginásio lotado com cerca de 3 mil profissionais exigiam do governo respeito à categoria e aos direitos conquistados.

O movimento grevista apresentou o calendário de mobilizações, programando novo Conselho para o dia 8 e 9 de junho, e nova Assembleia Geral dia 10. Contudo, a agenda de mobilização é extensa. 

Companheiros e Companheiras,
 
O SINTEP/MT realizou Conselho de Representantes de todas as Subsedes do Estado, nos dias 18 e 19/05/2019, tendo como pauta principal - avaliar Estado de Greve e o Indicativo de Greve na Rede Estadual - para ser apreciada, na Assembleia Geral no dia 20 de maio, às 14 horas, na escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá.

As discussões trataram do calendário de mobilizações e encaminhamentos, das demandas das redes municipais e aprovação das propostas de resoluções do Conselho de Representantes para Assembleia Geral com a representação de 105 municípios do Estado.

Para a avaliação do Estado Greve e deliberação do Indicativo de Greve na rede estadual - foi considerado que o documento que o governo encaminhou para a categoria não apresenta avanços na pauta de reivindicação. Diante da negativa do governo, em não respeitar a lei complementar 510 (lei da dobra do poder de compras) e à revisão geral anual, o indicativo para assembleia geral é aprovar - *greve por tempo indeterminado *- para ser iniciada no dia 27 de maio (segunda-feira), respeitando o prazo legal de 72 horas para o exercício do direito de greve. Foi aprovado *aprovação de assembleia geral permanente*. *.

Proposta de calendário de atividades e mobilizações:

* Dia 20 maio – 18h – participar da audiência pública contra a Reforma da Previdência – “Brasil e a Seguridade Social*

*Do dia 21 ao dia 24 de maio: - as subsedes deverão conduzir as mobilizações da categoria nas unidades escolares com a realização de assembleia local com a participação dos estudantes, pais e comunidade em Geral;  

*Mobilização pelos meios de comunicação – uso das mídias locais (com entrevistas em rádio, TV, jornais) mobilização nas redes sociais: Whatsapp – Facebook - Instagram para dialogar com a sociedade de que a educação estará entrando de greve devido o descaso do governo do Estado para com a educação (com panfletos, faixas e outros);

*Construção de dossiês das escolas* com os problemas que atingem a estrutura física, quadro de pessoal transporte e alimentação escolar que devem ser acompanhados de fotos, banners e outros meios;

*Estabelecer diálogo com a categoria das redes municipais* das questões locais. Caso seja possível, a construção de pauta de resistência também junto a redes municipais.

*dia 27 de maio (segunda-feira) * - realizar atos públicos em todos os municípios (panfletagem, passeata e outros) - em Cuiabá - ato público, em frente à SEDUC - como marco estratégico do início da Greve por Tempo Indeterminado em todo o Estado;

*Dia 30 de maio (quinta-feira) * - apoio à mobilização e Ato dos Estudante #30M - chamado pela União Nacional dos Estudantes;

*Realizar Conselho de Representantes (nos dias 08 e 09/06/2019) e Assembleia Geral (dia 10/06/2019) para avaliação e encaminhamentos sobre o movimento de GREVE;

Os/as profissionais da educação aprovam *Assembleia Geral Permanente* e poderá a categoria ser convocada, conforme Estatuto, a qualquer momento para deliberações, principalmente se houver negociações com o governo.

É hora de reafirmarmos nossas conquistas.
Por nenhum direito a menos, nossa escolha é a resistência!
#ÉGREVE!
 
Saudações Sindicais!
SINTEP/MT
Presidente - Valdeir Pereira
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Welyda Cristina de Carvalho

Ampliação da produção já depende de ferrovias

Todo ano, empresários do setor, produtores e governos têm dificuldade de criar condições para transportar grãos Uma nova safra recorde de milho e algodão começou a ser colhida e deve avançar...

 
 
 
 
Sitevip Internet