Notícias / Meio Ambiente

11/05/19 às 16:11 / Atualizada: 11/05/19 às 16:19

Confresa - Índios prendem homem flagrado com motosserra tirando madeira de terra indígena

Situação ocorreu na mesma região onde Ibama fez operação e flagrou extração ilegal de madeira em terra indígena. Homem ficou um dia e meio na aldeia e foi entregue pelos índios na delegacia.

Denise Soares, G1 MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo

Índios prenderam homem flagrado com motosserra tirando madeira de terra indígena em Mato Grosso — Foto: Divulgação

Índios prenderam um homem que foi flagrado com motosserra tirando madeira da Terra Indígena (TI) Urubu Branco no município de Confresa. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), os indígenas imobilizaram o suspeito e o levaram até a delegacia da Polícia Civil nessa sexta-feira (10).
A situação ocorreu na mesma região onde o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) realizou uma operação nessa semana e flagrou extração ilegal de madeira em terra indígena.
 
Madeira retirada da terra indígena em Confresa — Foto: Divulgação
Madeira retirada da terra indígena em Confresa — Foto: Divulgação
 
Os indígenas, da etnia Tapirapé, ouviram o barulho da motosserra em uma serra no norte da terra indígena. Eles decidiram vasculhar a região e encontraram o suspeito e o equipamento. A situação teria ocorrido na quinta-feira (9).
 
De acordo com a Funai, o homem seria funcionário de um madeireiro da região. O madeireiro já é procurado pela polícia, apontado como um dos maiores desmatadores dessa área.
 
Índios prenderam um homem que foi flagrado com motosserra tirando madeira da Terra Indígena (TI) Urubu Branco no município de Confresa — Foto: Divulgação
Índios prenderam um homem que foi flagrado com motosserra tirando madeira da Terra Indígena (TI) Urubu Branco no município de Confresa — Foto: Divulgação
 
O rapaz foi imobilizado e levado até a aldeia. Ele ficou no local por um dia e meio, até que os indígenas o levaram até a delegacia. Inicialmente os índios condicionaram a entrega do suspeito à Polícia Federal. No entanto, foram convencidos pelas autoridades e entregarem o suspeito na delegacia da Polícia Civil.
 
A Polícia Civil informou que o suspeito foi autuado em flagrante por desmatar área de terra indígena, associação criminosa e foi encaminhado para a cadeia da região.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

José Sarney

São Luís em Dezembro

O sinos do Natal já podem ser ouvidos nos seus sons distantes Quando eu era menino e começava, em São Bento, a descobrir o mundo com suas belezas, a primeira coisa que me encantava era o campo verde, lindo tapete de capins:...

 
 
 
 
Sitevip Internet