Notícias / Logística

29/03/19 às 13:41

Comércio Internacional - Sebrae recebe Delegação Peruana para análise de viabilidade da Ferrovia Transoceânica

Assessoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Comércio Internacional - Sebrae recebe Delegação Peruana para análise de viabilidade da Ferrovia  Transoceânica

Foto: Assessoria

Nesta quinta-feira, dia 28, o Sebrae/MT sediou uma reunião estratégica com integrantes da delegação do Peru e analistas da instituição, em Cuiabá. Em pauta, foram discutidos aspectos sobre a viabilidade de implantação de um novo corredor de exportação para produtos mato-grossenses, utilizando a Ferrovia Transoceânica – que deverá unir o Atlântico ao Pacífico, partindo do litoral brasileiro, passando pela Bolívia até o litoral peruano, ligando as cidades de Santos, Campo Grande, Cuiabá, Corumbá, Porto Suárez, Santa Cruz, La Paz, Desaguero e Ilo.

De acordo com o coordenador de projetos, Hernán Villaverde Huaita, o estudo de viabilidade econômica foi retomado esse ano pelo Governo do Peru. “Iniciamos o trabalho há um mês. A Bolívia está com o projeto mais adiantado e há possibilidade de investimentos internacionais na ferrovia, com recursos do Banco Mundial e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)”, afirmou Huaita.
Além de estreitar laços econômicos, a integração com os países vizinhos poderá aliviar um dos grandes gargalos de Mato Grosso: a logística. O gerente de Inteligência Estratégica do Sebrae/MT, André Schelini, apresentou aos especialistas peruanos e a uma profissional do México, integrante do Consórcio Ilo-Cope, o cenário atual e as potencialidades de produção do Estado. “A ferrovia transoceânica pode favorecer o acesso a mercados, como o da China, por exemplo. Temos volume de produção de soja, milho, algodão, madeira certificada, etanol e muitos outros produtos que hoje deixam de ser explorados em função da logística, como minérios. Vagões com refrigeração podem ser utilizados pela pecuária. Além da criação de gado, Mato Grosso se destaca pela criação de peixes nativos”.
O gerente ressaltou a necessidade de regulamentação de exportações e importações entre os países, como questões aduaneiras, critérios da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), entre outros. “Devemos analisar o ir e vir da ferrovia, que poderá transformar Mato Grosso em um verdadeiro centro de distribuição de produtos para o Brasil”, aponta Schelini.
O diretor superintendente do Sebrae/MT, José Guilherme Barbosa Ribeiro, ressaltou o ambiente do Peru, extremamente favorável à comercialização de produtos. “Esse é um momento muito importante para o Estado de Mato Grosso. E temos a convicção que essa parceria vai nos ajudar a definir políticas públicas, mais favoráveis ao comércio internacional. Já existe, na iniciativa privada, uma cultura exportadora promovida, principalmente, pelas commodities e pelas grandes empresas e o que nós, do Sebrae, pretendemos é disseminar essa cultura também para os pequenos negócios”.



“Estreitar os relacionamentos com mercados internacionais é importante tanto para os empresários atendidos pelo Sebrae, como para toda a sociedade mato-grossense, que poderá se beneficiar com inovação e tecnologias. Quando se trata de cadeias produtivas, os pequenos negócios têm que estar integrados com essa visão de internacionalização. Quando uma pequena empresa fornece produtos e serviços para uma grande empresa que exporta, ela está se capacitando também para atender indicadores e padrões internacionais e se tornando mais competitivas”, finalizou Ribeiro.
Integrante do Comitê Estadual de Comércio Exterior, o Sebrae articula a agenda da delegação, que, além de Cuiabá, deverá visitar instituições e empresas de Primavera do Leste e Campo Grande.
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Considerações sobre o eclipse solar parcial de 2 de julho

Só por curiosidade, estou enviando a figura que fornece/forneceu  a informação COMPLETA sobre o eclipse solar de 2 de julho último. Acima, à esquerda há um marcador com o sinal + que aumenta o mapa...

 

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos professores de MT

 
 
 
Sitevip Internet