Notícias / Justiça

12/03/19 às 20:15 / Atualizada: 12/03/19 às 20:30

Rondonópolis/MT - Ex-marido e irmão acusados de matar professora serão julgados nesta quarta-feira

Clênia Goreth, MP/MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Serão submetidos ao Tribunal do Júri nesta quarta-feira (13), às 9h, no município de Rondonópolis, os irmãos Valdeci Vieira da Silva e Valdomiro Vieira da Silva, denunciados pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso por homicídio triplamente qualificado praticado contra a vítima Rosineide Maria de Sousa, que era professora em uma escola da cidade. O crime ocorreu em janeiro de 2017 e causou grande comoção social.

O MPMT sustenta que o homicídio foi cometido por motivo torpe, com emprego de asfixia e mediante recurso que dificultou a defesa da ofendida. Também pesa contra os réus a qualificadora de feminicídio, ou seja, quando o crime é praticado contra mulher por razões da condição do sexo feminino.

Consta na denúncia que a vítima era ex-mulher de Valdeci Vieira da Silva e que para a consumação do crime o réu contou com auxílio de seu irmão Valdomiro Vieira da Silva. “Após discussão sobre o término da relação, Valdeci a pegou pelo pescoço e a asfixiou até a perda de consciência. Depois tomou de um porrete e lhe desferiu pelo menos dois golpes na cabeça, fatos ocorridos por volta das 21h do domingo”, diz a denúncia.

Ocorre que, segundo o Ministério Público, os golpes efetuados não foram suficientes para causar a morte de Rosineide. “Vendo que a vítima estava desmaiada, Valdeci foi até a residência de seu irmão Valdomiro, que fica próxima à sua, para que este o auxiliasse no desaparecimento do que ele imaginava ser o ‘corpo’ de Rosineide. Valdomiro aceitou de imediato ajudar o irmão, quando então ambos retornaram à casa de Valdeci, colocaram Rosineide viva em um saco, enfiaram-na no porta-malas do carro e tomaram o rumo à MT-270, saída para São José do Povo, onde pararam sobre a ponte do Rio Vermelho, tiraram a vítima do porta-malas e a jogaram viva dentro do rio”, acrescentou o MPMT.

Uma das causas apontadas para a morte da vítima no laudo de necrópsia foi exatamente a asfixia por afogamento.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Evandro Carlos

Mauro Mendes, seu plano era “iludir”? Que pena, o meu era te fazer feliz!!!

A música Milu, do cantor mineiro Gustavo Lima, é um dos grandes hits da musica nacional da atualidade, nela o interprete conta a historia de alguém que vive iludido, lembrando que quem cai uma vez, cai três, mas que ele...

 
 
 
 
Sitevip Internet