Notícias / Educação

09/10/15 às 08:27

UFMT: Greve deve acabar na próxima semana

Marcelo Ferraz

Diário de Cuiabá

Imprimir Enviar para um amigo
Os técnicos-administrativos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) voltaram ao trabalho ontem (08). Já os professores, em greve há mais de quatro meses, também votaram pela saída da paralisação, o que deve ser oficializado na próxima quarta-feira (14), em assembleia geral da categoria, quando o movimento grevista vota um “indicativo para saída unificada” da greve.

Deste modo, com a assinatura dos acordos com o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE) e com a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (FASUBRA), apenas os professores das Universidades Federais continuavam, por enquanto, em greve.

Porém, ontem os professores da UFMT realizaram uma nova assembleia, no auditório da Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat), onde foram votados os encaminhamentos do Comando Nacional de Greve. Ou seja, foi aprovado que será incluída na pauta da próxima reunião a votação de um indicativo de saída unificada da greve.

Isso porque o Comando Nacional de Greve (do ANDES) divulgou um documento pedindo para que os professores se posicionassem sobre a saída da greve nacional dos docentes federais. Segundo o documento divulgado no último sábado (03), em caso de decisão favorável a categoria deve indicar a data de saída da greve considerando o período de 13 a 16 de outubro.

Já os técnico-administrativos da UFMT decidiram encerrar a greve e retornaram as atividades normais desde ontem. A decisão, segundo sindicato, aconteceu após uma assinatura do Termo de Acordo, que ocorreu nesta terça-feira (06), em Brasília. A proposta aceita pela categoria prevê o reajuste de 10,8% no vencimento básico, parcelados em dois anos, aumento de 0,1% no step a partir de 2017, e adequação de auxílios.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Não percamos tempo!

             A Terra é um dos Planetas ainda bem distante da perfeição. Se isso não é novidade para quem se aprofunda nos estudos, para os demais...

 
 
 
 
Sitevip Internet