Notícias / Política

14/02/19 às 10:35

Deputada de SC criticada por decote entra na Justiça: ‘Me senti psicologicamente violentada’

Carol Marques, Extra

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Deputada de SC criticada por decote entra na Justiça: ‘Me senti psicologicamente violentada’

O decote polêmico: comentários serão levados à Justiça

Foto: Reprodução/instagram

Um decote colocou a deputada estadual Paulinha, de Santa Catarina, no noticiário nacional. Poucos procuraram saber sobre sua vida pública e o currículo que a fez prefeita de Bombinhas, litoral catarinense, por duas vezes e os motivos que levaram mais de 51 mil pessoas a votarem nela. Não importou. O macacão vermelho, com o tal generoso decote que evidenciava os seios, escolhido para sua posse custou R$ 900 e sua integridade. Paulinha foi severamente criticada nas redes sociais, xingada e ameaçada. O caso vai agora parar na Justiça.

“Minha equipe está printando os comentários, documentando e vou entrar com uma ação judicial contra os detratores”, avisa a deputada, filiada ao PDT: “Ser criticada na vida pública é algo normal e esperado. Mas me senti psicologicamente violentada. Um internauta disse que se eu for estuprada não posso reclamar. Uma mulher comentou que eu não poderia falar de Deus, pois Deus não abençoaria uma mulher como eu”.

Não foi fácil para Paulinha chegar em casa e se deparar com a enxurrada de comentários pejorativos. “Chorei muito. Fiquei até às quatro da manhã tentando ler e entender o que um decote pode ter de errado. Me senti frágil como uma mulher se sentiria diante dessa situação. Mas também tenho meu lado empoderado e que me faz levantar todos os dias e dizer: essa sou eu e luto para quebrar paradigmas e padrões que não condizem com o que eu penso e pensam muitas mulheres que se veem representadas por mim”.

Deputada Paulinha, de SC: decote também na diplomação
Deputada Paulinha, de SC: decote também na diplomação Foto: reprodução/instagram


Aos 43 anos, mãe de duas filhas, uma de 20 e outra de 18, Paulinha tem um guarda-roupa despojado, típico de alguém que vivia na praia. O decote da posse não foi o primeiro. Ela já tinha ostentado outro durante sua diplomação e nada foi falado.

Ela conta que recebeu total apoio da família e do namorado, e viu, no meio do limbo, surgir um movimento em prol de sua imagem vinda de mulheres de todo o país, inclusive de famosas, como Fernanda Young e Maria Ribeiro. “Tenho recebido tantas mensagens lindas, tocantes e de mulheres que admiro. De políticas, inclusive, que me dizem que agora vão usar o que bem entenderem e falar não ao protocolo”, comemora.


Foto: reprodução/instagram

“Mulher bonita além de inteligente é demais para muitos”

Paulinha diz que não pensou no bafafá que o look fosse causar. E se lembrou de Geisy Arruda, que num episódio tão triste quanto este, foi impedida de entrar na faculdade Uniban, em São Paulo, usando seu vestido rosa curto e posteriormente expulsa: “Ela era uma menina, universitária, com seu vestido. Eu sou uma mulher, deputada eleita, prefeita duas vezes, com 90% de aprovação, que deixou a escola pública de ensino integral de maior rendimento no país para seus moradores. Uma mulher bonita e gostosa e além disso inteligente? Ainda é demais para muitos. Mas vamos mudar esse pensamento”.

Deputada Paulinha, de SC: figurinos despojados
Deputada Paulinha, de SC: figurinos despojados Foto: reprodução/instagram

Deputada Paulinha, de SC, com as filhas
Deputada Paulinha, de SC, com as filhas Foto: reprodução/instagram

Deputada Paulinha, de SC: figurinos despojados
Deputada Paulinha, de SC: figurinos despojados Foto: reprodução/instagram

Deputada de SC criticada por decote entra na Justiça: ‘Me senti psicologicamente violentada’
Deputada de SC criticada por decote entra na Justiça: ‘Me senti psicologicamente violentada’ Foto: reprodução/instagram

Deputada de SC criticada por decote entra na Justiça: ‘Me senti psicologicamente violentada’
Deputada de SC criticada por decote entra na Justiça: ‘Me senti psicologicamente violentada’ Foto: reprodução/instagram
Imprimir Enviar para um amigo

comentar2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Bruno Nelseu peters, em 20/04/19 às 21:33

    Andar pelada na praia tudo bem, andar pelada nas boates tudo bem, agora putaria no congresso nacional aonde teoricamente teria que ser uma casa de respeito,aonde a moral deviria imperar, isso já é de mais

  • por João Miguel Corrêa, em 15/02/19 às 21:21

    Não sei porque ela esta reclamando, quem acha que pode tudo para se aparecer sabe o que pode receber, ja esta na mídia.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

New Deal no Brasil

Bairro simples da periferia. O cheiro de café ainda estava pela cozinha e transpunha a sala com móveis simples, um sofá velho e uma antiga televisão que tinha em cima dela algumas xícaras, daquelas que têm o...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet