Notícias / Negócios

15/01/19 às 18:06 / Atualizada: 15/01/19 às 18:14

Volkswagen e Ford anunciam aliança em vans e picapes

Acordo começa em 2022 e não vai envolver fusão ou participações acionárias, informaram as empresas

Reuters

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Volkswagen e Ford anunciam aliança em vans e picapes

Parceria foi anunciada durante salão do automóvel

Foto: REUTERS/Ben Klayman/File Photo - 14.01.2019

Volkswagen e Ford anunciaram nesta terça-feira que vão juntar forças em vans comerciais e picapes e que estão explorando desenvolvimento conjunto de veículos elétricos e tecnologia de direção autônoma, em um plano para cortarem bilhões de dólares em custos.
 
Ford e Volkswagen anunciaram a parceria durante o salão do automóvel de Detroit. A aliança, que começa com vendas de vans e picapes médias em 2022, não vai envolver fusão ou participações acionárias, informaram as empresas.

A aliança, que será dirigida por um comitê que incluirá os presidentes das duas montadoras, sinaliza a crescente pressão sofrida pelas montadoras para administrar custos de desenvolvimento de veículos elétricos e autônomos, bem como para cumprirem restrições mais exigentes de emissão de poluentes.
 
A Ford fornecerá mais detalhes sobre como a aliança vai afetar suas operações regionais nas próximas semanas, mas a empresa não espera qualquer corte de emprego em fábricas da companhia como resultado da parceria, disse o presidente-executivo da montadora norte-americana, Jim Hackett.

A Ford vai projetar e fabricar picapes médias para ambas as montadoras, disse a Volkswagen. A Ford também vai desenhar e montar vans comerciais grandes para clientes na Europa, enquanto a Volkswagen vai desenvolver e fabricar uma van para uso urbano. As vans poderão ser montadas na fábrica da Ford na Turquia, informou a Volkswagen.

As companhias estimam que a cooperação em vans vai contribuir para os resultados operacionais antes de impostos a partir de 2023.

 
Ford e VW assinaram um memorando de entendimento para desenvolvimento conjunto de carros elétricos e autônomos, disse o presidente-executivo da Volkswagen, Herbert Diess.

A aliança com a Volkswagen é uma grande aposta para o presidente-executivo da Ford, Jim Hackett, desde que assumiu o comando da montadora em maio de 2017 no lugar de Mark Fields, com mandato para acelerar o processo decisório da empresa e cortar custos. Alguns analistas e investidores têm se mostrado frustrados com o preço da ação da Ford e sentem falta de detalhes sobre o plano de 11 bilhões de dólares de Hackett para a reestruturação da montadora norte-americana.

Na semana passada, a Ford anunciou que vai cortar milhares de empregos, descontinuar veículos que não geram retorno e fechar fábricas como parte de esforços para recuperar a lucratividade das operações do grupo na Europa.

No mês passado, a Volkswagen anunciou mais 3 bilhões de euros em cortes de custos como parte de esforço para melhorar margens de lucro e financiar a mudança do grupo em direção à eletrificação e direção autônoma.

Copyright Thomson Reuters 2018
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Alfredo da Mota Menezes

Nascendo a agroindústria

Deve crescer no Estado as fábricas de etanol de milho, como ocorreu nos EUA Têm em operação 12 fábricas de etanol em Mato Grosso. Duas são de milho e três, chamada flex, com cana e milho. As outras...

 
 
 
 
Sitevip Internet