Notícias / Cidades

03/12/18 às 20:09 / Atualizada: 03/12/18 às 20:32

Primeira escola tradicional de Cuiabá completa 139 anos

Carol Sanford | GCom-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Primeira escola tradicional de Cuiabá completa 139 anos

Foto: Assessoria

A Escola Estadual Liceu Cuiabano “Maria de Arruda Muller” comemora nesta segunda-feira (03.12) 139 anos de criação. Apesar da tradição, o Liceu Cuiabano busca manter a grade curricular atualizada, o que faz com que seja uma das escolas mais procuradas em Cuiabá.

Criado pela Lei nº 536 de 03 de dezembro de 1879, foi fundado em 7 de março de 1880. A escola, que ocupa uma quadra entre as Avenidas Getúlio Vargas e São Sebastião e as Ruas Presidente Marques e Cândido Mariano, possui terreno de 11,3 mil metros quadrados, com área construída de 3,7 mil metros quadrados.



A primeira escola de Cuiabá foi criada inicialmente para atender a elite da capital mato-grossense, conforme explicou o diretor Alceu Trentin. “Naquela época só podia estudar no Liceu Cuiabano quem tinha posses. Os filhos da elite cuiabana iam depois para o Rio de Janeiro completar os estudos”, contou.

Mesmo com o peso da tradição, o primeiro prédio a abrigar a escola foi na Praça Ipiranga, onde atualmente funciona o Ganha Tempo. Em 1926, foi transferido para o Palácio da Instrução e depois para o local onde está a sede dos Correios, na Praça da República, e só ganhou sede própria em 1944, construído durante a gestão do interventor Júlio Strübing Müller.



Atualmente com cerca de 1.500 alunos e 130 funcionários, o Liceu Cuiabano atende o Ensino Médio em 14 salas de aula. A escola também conta com refeitório, anfiteatro, ginásio de esportes, campo de futebol, biblioteca e laboratório de informática.

“A estrutura do prédio é invejável, em todos esses anos passamos por apenas uma restauração, em 1998. Grande parte do material de construção veio do Rio de Janeiro, como as pedras da fachada. O piso também veio de fora. Tudo foi projetado para ser uma grande escola. Conforme a neta do então interventor do Estado, Marina Muller de Abreu Lima, o avô usou o argumento de que a educação era tão nobre que precisava de obras nobres. Justamente por ser uma construção histórica foi tombado pelo patrimônio estadual em 1983”, lembrou o diretor.

O currículo do Liceu Cuiabano foi pensado de forma diferenciada. Alceu Trentin explicou que, desde 2008, a grade de aulas é composta de mil horas anuais, sendo 600 horas com o currículo escolar tradicional e 400 horas com oficinas e projetos desenvolvidos pelos alunos.

As aulas extras são oferecidas nas sextas-feiras, quando os alunos podem desenvolver aptidões nos esportes de xadrez, dama e bozó, na dança, violão, coral, teatro e pintura, além de participar da banda de percussão, a mais antiga de Mato Grosso e bastante premiada nacionalmente.

Entre os projetos desenvolvidos na área da ciência, os alunos ganharam prêmios estaduais e participaram de uma feira de tecnologia em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul.

“Por todo esse trabalho desenvolvido de forma diferenciada, quando chega o período de matrículas nossas vagas são as primeiras a acabar em Cuiabá”, pontuou Alceu Trentin.



Desde a fundação, foram alunos da escola nomes ilustres como Marechal Cândido Rondon, o ex-presidente Eurico Gaspar Dutra, Maria Dimpina Lobo Duarte – primeira mulher a estudar na escola -, os ex-governadores Aecim Tocantins, Carlos Bezerra, Júlio Campos, Dante Martins de Oliveira, ex-senador Antero Paes de Barros, e o atual governador Pedro Taques.

Estão no quadro de ex-professores Isaac Póvoas, Cesário Neto, Nilo Póvoas, Dunga Rodrigues e outras personalidades da história de Cuiabá.


Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Considerações sobre o eclipse solar parcial de 2 de julho

Só por curiosidade, estou enviando a figura que fornece/forneceu  a informação COMPLETA sobre o eclipse solar de 2 de julho último. Acima, à esquerda há um marcador com o sinal + que aumenta o mapa...

 

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos professores de MT

 
 
 
Sitevip Internet