Notícias / Policial

02/12/18 às 11:02 / Atualizada: 02/12/18 às 11:14

General Carneiro/MT - Quase uma tonelada e meia de maconha é apreendida entre carga de ração animal

Com o motorista, que alega não saber da droga, foi apreendido também cartão com chip da Bolívia, quatro documentos de diferentes veículos e dois cheques no valor de R$ 22.700,00 e R$ 15.000,00.

Eliana Bess | Assessoria/PMMT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
General Carneiro/MT - Quase uma tonelada e meia de maconha é apreendida entre carga de ração animal

Foto: 5ºCR/PMMT

Um caminhão V/W placa de Redenção (PA) foi apreendido pela Polícia Militar de Mato Grosso em General Carneiro com 1.300 kg de maconha. A droga, distribuída em 1.417 tabletes e 33 pacotes, estava no meio de ração animal, que teria sido carregada na cidade de Dourados (MS) com destino ao Pará. Uma denúncia obtida pela Polícia Civil do Paraná (Denarc) monitorou o percurso do veículo, com apoio da Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso do Sul até a localização do mesmo, pela PMMT por volta das 17h de sábado (01.12).

A abordagem foi realizada na saída da cidade de General Carneiro seguindo as características repassadas do veículo. O suspeito que conduzia o caminhão, Lhauson Franke Severino dos Santos, 44 anos, é morador de Goiânia e agiu na abordagem com bastante tranquilidade, conforme relatado no Boletim de Ocorrência, afirmando que não havia nada de irregular com a carga. Mas apresentou nervosismo quando soube que a carga seria vistoriada.

A princípio o veículo e o motorista foram encaminhados para a delegacia de General Carneiro para a retirada da lona e parte da carga para a devida conferência. Após a retirada de aproximadamente 60 sacos de ração, tornaram-se visíveis diversos fardos da droga entre a carga.




Na sequencia, com apoio da Força Tática, PRF e PJC-MT o caminhão foi levado para a cidade de Barra do Garças para a verificação em maior segurança, por conta do efetivo de militares. Eles puderam contabilizar 1.450 porções (cerda de 1.300 kg) conforme detalhado, em maconha não prensada.

O motorista teria alegado que não sabia da droga, que está com o caminhão a aproximadamente 40 dias e que na maioria das vezes realizava o transporte de frutas. Que um dos últimos carregamentos teria sido de sementes de capim branqueara de Goiânia até a divisa do Brasil com a Bolívia, descarregando em uma fazenda da região. Posteriormente, de Cáceres para Naviraí, levou uma carga de papelão, passando pelas cidades de Coronel Vivida e Campo Grande. Disse ainda, que em Naviraí a PRF teria suspeitado de seu caminhão, que na ocasião foi descarregado e teria recebido multas por falta de adequações no veículo para o transporte, e que foram realizadas algumas mudanças no caminhão para poder continuar rodando. Após isso, foi até Dourados (MS) para carregar o veículo com ração animal com destino a São Felix do Xingu (PA). O carregamento teria sido acompanhado por ele (Lhauson Franke Severino dos Santos), mas teria se ausentado na hora de enlonar a carga.

O suspeito, que está em liberdade há pouco tempo, devido a um furto em Goiânia, foi encaminhado para a Central de Atendimento, algemado, por receio de fuga por se tratar de grande quantidade de droga. Também foram apreendidos R$ 771,00, um cartão com chip telefone da Entel da Bolívia, dois celulares, cartões bancários e documentos do suspeito, quatro documentos de veículos distintos, sendo cada um correspondente a uma placa veicular e dois cheques, um do banco Bradesco no valor de R$ 22.700,00 e outro do Sicoob de R$ 15.000,00 rasgado ao meio.


Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Juacy da Silva

Envelhecimento e saúde integral

A saúde, não no sentido simplesmente de ausência de doença,  mas sim, como enfatiza a Organização Mundial da Saúde, organismo especializado da ONU para esta área,  como “o mais...

 
 
 
 
Sitevip Internet