Notícias / Cidades

30/11/18 às 21:03

Ideia inovadora cria dispositivo para controlar ligações de água no Mato Grosso

Camila Costa

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
De 10 ligações de água e esgoto em Cuiabá, quatro são clandestinas. O dado é preocupante e, de acordo com a Prefeitura de Cuiabá, configura um dos maiores problemas do setor de saneamento da capital. A problemática, no entanto, virou pano de fundo para o desenvolvimento de um projeto inovador no Mato Grosso, o Controlador de Desperdício de Água. A ideia surgiu de um estudante, após a tubulação do prédio em que ele estuda romper e, por falta de um monitoramento, o problema ser identificado somente dois dias depois.

Tanto casos como esse que originaram o projeto como as ligações clandestinas causam desperdício de água e podem até mesmo contaminar a rede de abastecimento de água, além de prejudicar o abastecimento de água às residências. O Controlador de Desperdício de Água foi pensando por alunos do SENAI de Mato Grosso, venceu a etapa regional do Inova SENAI e foi indicado à nível nacional, ficando entre os 25 melhores do país.

Segundo o instrutor de formação profissional do SENAI e um dos idealizadores do projeto, Luiz Cláudio dos Anjos Oliveira Junior, hoje há no mercado opções para monitoramento eletrônico de energia, internet, mas faltava um para água. Ele explica que o controlador consegue converter um sinal que hoje é mecânico em um sinal elétrico, controlando assim o fluxo de água que está passando pela tubulação. Ao menor sinal de mudança nesse nível, os gestores ou moradores, no caso do uso em residências, serão avisados.

O responsável por isso é um instrumento, instalado junto com o hidrômetro, que em três meses estava pronto. A agilidade, segundo Luiz, é porque foram usados dispositivos que já existiam no mercado, como o hidrômetro, um modelo convencional; e o sistema de fechamento da tubulação, que também já é usado pelas empresas do segmento. O trabalho ficou por conta da codificação e do desenvolvimento do aplicativo, que fará a comunicação entre celular e hidrômetro.

“Ele teria uma aplicação para o grupo residencial, para você ter o controle e ter em tempo real o consumo que você tem, saber se tem uma tubulação estourada. Ou, a gente pode pegar a nível industrial. Quero fazer uma mistura de líquidos, tenho um dispositivo com hidrômetro de um lado, hidrômetro do outro, meço o fluxo que está saindo de um lado, do outro, ou uma companhia, semelhante à Sanecap, ela tem uma adutora da rua, ela pode instalar um hidrômetro maior e medir. Então, dentro de uma hora, passou 10 mil m³, ela vai fazer a somatória de todos os hidrômetros da região e saberá se está tendo vazamento de água, algum desperdício, sem precisar abrir buraco, haver denúncia”, explica Cláudio.

A ideia do grupo é trabalhar por transferência de tecnologia, ou seja, passar o projeto para uma grande empresa do segmento, que esteja no mercado, para que ela ponha a ideia em prática em benefício da indústria e da população.

Incentivo à inovação

Criado em 2012, o Inova está alinhado à prática pedagógica do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), que estimula a cultura de inovação a partir do desenvolvimento de projetos como situação de aprendizagem. O prêmio desafia alunos e docentes da instituição a pôr em prática os conhecimentos e desenvolver produtos e processos inovadores alinhados às necessidades e aos interesses da indústria brasileira. Os melhores projetos são apresentados a um fórum de investidores que podem tirar a ideia do papel e levar o processo ou o produto desenvolvido para o mercado.
Veja mais detalhes aqui.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

Eclipse lunar total em 20 – 21 de janeiro e Super Lua em 21 de janeiro

No final da noite do dia 20 de janeiro e no começo da madrugada de 21 de janeiro um eclipse lunar total poderá ser observado em todo o Brasil desde que as condições meteorológicas permitam. Um eclipse lunar...

 
 
 
 
Sitevip Internet