Notícias / Agricultura

27/11/18 às 10:06 / Atualizada: 27/11/18 às 10:21

Região Leste de MT: péssimas condições das rodovias podem comprometer renda do produtor

Luiz Patroni, Canal Rural

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Região Leste de MT: péssimas condições das rodovias podem comprometer renda do produtor

Foto: Divulgação Canal Rural

De um lado, o otimismo com a safra de soja estampado no rosto de muitos produtores mato-grossenses. Do outro, a preocupação com um problema recorrente e que deve voltar a pesar no bolso na hora da colheita: a falta de logística para escoar os grãos. Na região leste do estado, este misto de sentimentos toma conta dos agricultores.

A MT-109, que liga o município de Canarana à Querência, é um dos alvos das reclamações. Na teoria, a estrada deveria ter a manutenção garantida por meio dos recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação – o Fethab – que incide sobre as vendas de soja, algodão e gado, madeira e óleo diesel. Mas, na prática, segundo os agricultores, a realidade é bem diferente. A rodovia está em péssimas condições, estampando o abandono e a falta de manutenção nos (poucos) trechos pavimentados.

O produtor rural de Querência, André Bonmamm, conta indignado que no município os únicos 5 quilômetros desta rodovia que foram asfaltados pelo estadual,  estão cheios de buracos. “Com uma contribuição anual de R$ 38 milhões, o governo não consegue asfaltar 5 quilômetros!?”, desabafa André. A reclamação é endossada pelos inúmeros motoristas que passam pela rodovia, principalmente aqueles que precisam trafegar por ela para transportar cargas.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra), ainda não há previsão para a conclusão da pavimentação da MT-109, assim como a da MT-110 – também na região. A única expectativa diz respeito à MT-020, que deve estar completamente asfaltada até o fim de 2019.

Vale lembrar que desde 2016, quem produz soja, algodão ou gado em Mato Grosso paga “duas vezes” a contribuição do Fethab. O chamado “Fethab 2” foi criado com o objetivo de ter 100% do dinheiro destinado à obras de infraestrutura e com prazo definido para terminar: 31 de dezembro deste ano. Porém, na prática o destino dado ao Fethab 2 tem gerado insatisfação entre os agricultores. Safra após safra, os problemas são os mesmos, e quem depende das rodovias, vê o sonho do asfaltamento ficar apenas no papel.

Mas não são apenas as rodovias estaduais que preocupam os agricultores do leste de Mato Grosso. A BR-158, considerada uma das principais rotas para o escoamento dos grãos produzidos na região e que vão para os portos do arco-norte do país, há muito tempo também deixa a desejar.  O agricultor Cezar Augusto Tisorti é dono de uma fazenda localizada às margens da “158”. Só que a proximidade não se tornou uma vantagem logística. E o motivo é simples: muitos trechos da BR estão praticamente intransitáveis, segundo o agricultor, que está apreensivo com o período chuvoso. O excesso de água tende a piorar a condição da pista nos próximos meses, dificultando o transporte e – consequentemente – comprometendo a renda do produtor.

Por ser uma rodovia Federal, a BR-158 é de responsabilidade do Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, que não tem previsões sobre a conclusão do asfaltamento da estrada na região.

Ver o vídeo da reportagem abaixo...

 
Imprimir Enviar para um amigo

Vídeo Relacionado

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Aurélio Mendanha

Ande lega! Direitos e deveres de quem anda de Bicicleta

No Brasil e não seria diferente no Município de Agua Boa, cada vez mais as bicicletas são usadas como um meio alternativo de transporte. Andar de bicicleta é uma atividade que tem encontrado cada vez mais adeptos na...

 
 
 
 
Sitevip Internet