Notícias / Esportes

03/07/15 às 20:16 / Atualizada: 03/07/15 às 20:28

Equipe pioneira em Mato Grosso reforça disputa do Cross Urbano CAIXA na Arena Pantanal

Corrida desafia atletas com percurso de 6 km por toda a área interna e entorno do estádio da Copa do Mundo 2014; inscrições terminam na próxima terça (7)

ZDL

Imprimir Enviar para um amigo
Equipe pioneira em Mato Grosso reforça disputa do Cross Urbano CAIXA na Arena Pantanal

Valdecarlos Santos

Foto: Alta | Web

São Paulo - A segunda etapa do Cross Urbano CAIXA, na Arena Pantanal, receberá o reforço de uma equipe veterana em Cuiabá. Primeira assessoria esportiva da cidade, com oito anos de experiência, a MT Fit Run levará 85 atletas para a disputa do dia 12. O percurso de 6 km, um verdadeiro cross, incluindo túneis e rampas de acesso, arquibancadas, escadas, volta olímpica no gramado e o entorno da Arena Pantanal, está longe de intimidar. A meta é aumentar a coleção de troféus conquistada na primeira edição da prova, no ano passado.

"A corrida é bacana, com um percurso bem diferente das provas no asfalto. E o percurso nem é tão difícil quanto a gente esperava. Muitos se assustaram com o nome Cross Urbano, mas na verdade o máximo de esforço exigido é na subida das escadas ou arquibancadas. Para quem faz crossfit, por exemplo, é tranquilo", ameniza Valdecarlos Santos, criador da MT Fit Run. "Nós conquistamos dois troféus no ano passado, dessa vez queremos mais."

A MT Fit Run já conhece bem o cenário da corrida. Um dos locais de treino da equipe é a área de entorno da Arena Pantanal, com um percurso de 2,5 km para corrida. "Nós temos quatro parques em Cuiabá. Um está sempre em reformas, outros dois são razoáveis, e um outro é mais central. A Arena Pantanal se transformou em mais uma opção, até por ser o único local com possibilidade para treinos noturnos. Agora temos um posto de polícia por ali, então é seguro para os ateltas", destaca Valdecarlos.

Mais velhos na frente - Um dos trunfos do Cross Urbano CAIXA é a largada em ondas. Grupos de até 250 atletas, divididos de acordo com sua faixa etária, largam em intervalos regulares. A medida, além de garantir a segurança dos competidores em trechos de afunilamento do percurso, também permite um período de "trânsito livre" para cada grupo dentro do estádio. Em Cuiabá, a prova terá uma outra novidade: os mais velhos serão os primeiros a correr.

Os competidores das faixas de 50 a 54 anos, 55 a 59 anos e acima de 60 anos abrirão a disputa, às 7 horas. Vinte minutos depois, será a vez das faixas de 40 a 44 anos e 45 a 49 anos. Os mais jovens, de 16 até 29 anos, fecharão a corrida, às 8 horas. A iniciativa atende a uma reivindicação dos corredores de Cuiabá, e tem como objetivo oferecer maior conforto a todos. "Cuiabá é uma cidade muito quente, e achamos que os mais novos têm mais resistência para esperar até as 8 horas. A corrida será ainda melhor dessa forma", acredita Valdecarlos.

Inscrições no fim - A prova na Arena Multiesportiva do Pantanal, com 6 km de percurso dentro do estádio e no seu entorno, está marcada para 12 de julho. Quem quiser garantir uma das 1.500 vagas disponíveis para "a corrida dos estádios" na Arena Pantanal pode se inscrever no site www.crossurbanocaixa.com.br até o dia 7. Para a segunda etapa, o valor é de R$ 75,00. Todos os competidores recebem um kit de participação com mochila, camisa casual urbana, viseira e squeeze, além de brindes dos patrocinadores e apoiadores.

A etapa do Cross Urbano CAIXA é uma realização do AJR Eventos Esportivos, com patrocínio máster da CAIXA e co-patrocínio da Montreal Clube de Hospedagens. Em Cuiabá, ainda tem o apoio da Rede de Hotéis Mato Grosso, Track&Field e Governo Federal de Mato Grosso.
  • Equipe pioneira em Mato Grosso reforça disputa do Cross Urbano CAIXA na Arena Pantanal
  • Equipe pioneira em Mato Grosso reforça disputa do Cross Urbano CAIXA na Arena Pantanal
  • Equipe pioneira em Mato Grosso reforça disputa do Cross Urbano CAIXA na Arena Pantanal
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

A Exclusão e o Pancadão

Uns anos atrás, escrevi um artigo sobre a repressão praticada pelos seguranças dentro dos shoppings centers em São Paulo, uma vez que não permitiam que grupos de jovens da periferia, que marcavam encontros chamados...

 
 
 
 
Sitevip Internet