Notícias / Eleições

05/10/18 às 12:41 / Atualizada: 05/10/18 às 15:09

Wellington Fagundes denuncia deputado Valtenir Pereira por compra de votos

Lázaro Thor Borges/ Gazeta Digital

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Wellington Fagundes denuncia deputado Valtenir Pereira por compra de votos

Foto: Divulgação

Candidato ao governo do Estado, Wellington Fagundes (PR) anunciou na noite desta quinta-feira (4) um pedido de investigação contra o deputado federal e candidato à reeleição Valtenir Perreira (MDB), que foi gravado recebendo R$ 20 mil em espécie das mãos do empresário Mauro Carvalho, um dos principais articuladores da campanha de Mauro Mendes (DEM) ao Palácio Paiaguás. O dinheiro recebido, segundo a denúncia, seria para compra de votos.

O vídeo surgiu pela primeira vez na quarta-feira (3), circulando em aplicativos de mensagens. Como resposta, Valtenir publicou um vídeo em que se defende dizendo que a gravação é de 2010 e que a filmagem foi editada para prejudicá-lo. Segundo o parlamentar, o dinheiro foi utilizado legalmente para custear viagens ao interior do Estado e viabilizar a coligação “Mato Grosso Mais”, que também tinha, na época, Mauro Mendes disputando o governo.  

Na petição, os advogados de Wellington destacam, contudo, que no vídeo Valtenir aparece com uma camiseta semelhante a que usou durante evento de campanha, no início desta semana, o que poderia desmentir a tese de que o vídeo é antigo.  

“Como se vê, qualquer leigo ao analisar os vídeos e as postagens do Deputado, verificam que o porte físico, as roupas e sua aparência são idênticas as de ambos os momentos, sendo verdadeira ‘balela’ afirmar que o vídeo vazado e as referidas postagens, tem diferença temporal de aproximadamente 8 anos”, diz trecho do pedido de investigação.    

O pedido foi encaminhado para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE -MT), à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público Eleitoral (MPE).    

Em vídeo publicado em suas redes sociais, Wellington Fagundes destaca que a gravação foi feita pelo próprio Mauro Carvalho. A primeira versão da gravação a circular na internet estava editada e não mostrava o momento em que o empresário pega a câmera escondida. Só nesta quinta-feira uma versão mais longa, com esse trecho, veio a público.

Veja o vídeo ABAIXO...

O outro lado:

Valtenir Pereira se diz vítima de armação e pede ao MPF que apure crime eleitoral
 
Imprimir Enviar para um amigo

Vídeo Relacionado

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Coronavírus. Fé. Deus é Justo!

Deixamos de direcionar nossas metas de evolução e crescimento no âmbito da moral, e pior ainda, nos preocupamos com coisas materiais que não nos levam a nada, a não ser nos dar prazer e encantamentos, exaltando...

 
 
 
 
Sitevip Internet