Notícias / Esportes

03/10/18 às 14:02 / Atualizada: 03/10/18 às 14:10

10 coisas que você provavelmente não sabia sobre a Adidas

Débora Ramos

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
10 coisas que você provavelmente não sabia sobre a Adidas

Foto: Divulgação

A adidas sempre teve os melhores produtos e símbolos. O legado da marca começou logo após a Primeira Guerra Mundial e, hoje, quase 100 anos após a sua fundação, as três listras são reconhecidas facilmente por consumidores em qualquer parte do mundo.
 
Ao longo de sua história, a Adidas construiu prestígio nos esportes, no estilo de vida das pessoas, na cultura popular e na moda. Mas, além de lançar modelos icônicos no segmento esportivo e casual, você sabia que adidas também mudou a forma como o mundo vê o mercado de calçados?
 
Confira outras 10 curiosidades que você não sabia sobre a Adidas:
 
1. Nasce uma marca, nasce uma rivalidade
Uma série de disputas pessoais envolveram a fundação da Adidas. Adolf Dassler e seu irmão mais velho, Rudolf, começaram a bater a cabeça sobre as diretrizes da empresa da família que cuidavam juntos. Em meados da década de 1940, os irmãos separaram os negócios e criaram duas empresas distintas. Adolf fundou a adidas e Rudolf, a Puma, marca que veio a se tornar uma das principais concorrentes da Adidas.       
 
2. A Adidas nem sempre foi Adidas
A ideia original do fundador Adolf Dassler era chamar a marca de Gebrüder Dassler Schuhfabrik, um nome difícil de pronunciar e que provavelmente teria dificuldades para penetrar no mercado. No fim das contas, o nome "adidas" foi designado a partir da união do apelido do fundador, "Adi", e o ínicio do seu sobrenome, "Das". 
 
3. Os primeiros passos da Adidas não foram no futebol
Quando se trata do mercado esportivo, as marcas ficam ligadas nos investimentos no maior esporte do mundo: o futebol. Com a Adidas, entretanto, isso foi diferente. O primeiro sapato fabricado por Adolf Dassler não foi uma chuteira de futebol, e sim um tênis Adidas de corrida, usado pela primeira vez pelo atleta Jesse Owens nos Jogos Olímpicos de 1936.
 
4. As três listras foram compradas
Nem sempre as três listras fizeram parte da história da Adidas – elas foram compradas em 1951 pela bagatela de 1.600 euros e, dizem os boatos, duas garrafas de uísque. A primeira versão do logotipo pertencia a marca de calçados finlandesa Karhu e tinha apenas duas listras, algo que já foi usado na antiga empresa dos irmãos. Dassler resolveu, então, colocar três listras básicas, que não ocupavam tanto espaço. 
 
5. Três logotipos, três significados diferentes
A Adidas possui três logotipos diferentes: o das três folhas, o em formato de montanha e o nome da marca grafado em letras minúsculas. Cada um deles possui um significado – o das três folhas representa a velocidade, o da montanha reforça as metas durante a competição e o nome da marca homenageia os artigos esportivos criados por Dassler.
 
6. O chinelo slide foi criado para jogadores de futebol
O chinelo slide Adidas é, sem dúvidas, encontrado em todos os tipos de ambientes, seja em locais fechados ou ao ar livre. Mas, no início, havia um objetivo claro que não tinha nada a ver com a popularidade do calçado. Na década de 1960, o time de futebol alemão pediu à adidas um sapato que pudesse usar nos vestiários e nos chuveiros e, assim, foi desenvolvido o chinelo que protegia os jogadores dos perigos que crescem no banheiro.
 
7. Michael Jordan quase firmou parceira com a Adidas

Em 1984, Michael Jordan, uma das maiores lendas do basquete, queria assinar um contrato com a adidas. Entretanto, os executivos queriam que jogadores mais renomados representassem a adidas, o que foi um grande equívoco na história da marca. A concorrente, Nike, ofereceu à Jordan um contrato de 500 mil dólares por ano, o qual ele devolveu à adidas para ver se eles poderiam chegar perto desse valor, porém, a marca negou.
 
8. A marca quase decretou falência em 1990
Com a morte de Adi Dassler em 1987, quem passou a comandar as rédeas da empresa foi Horst Dassler, filho do fundador. A partir daí, a adidas passou por um período crítico que foi marcado pela intensa concorrência, principalmente da Nike, e pela má administração de economistas que foram envolvidos em escândalos. Para salvar a empresa da falência, ela foi vendida por mais de 200 milhões de euros.   
 
9. Run DMC fez a adidas expandir a linha de produtos
Russell Simmons, produtor do grupo de rap DMC, convidou os executivos da adidas para um show na Madison Square Garden. Durante a performance da música "My adidas", a plateia atirou os tênis para o alto em sinal de carinho pelo grupo e pela marca. O momento surpreendeu e a adidas tornou o Run DMC o embaixador da marca, o que fez os produtos saírem da esfera esportiva para atingir outros segmentos de mercado.
 
10. Existe um tênis com materiais retirados do oceano
A adidas possui um tênis confeccionado inteiramente com materiais retirados do oceano. Desde a embalagem até o acabamento interno são produzidos com itens encontrados no mar, como sacolas plásticas. O modelo vendeu mais de um milhão de unidades em menos de um ano, o que motivou a marca produzir outros produtos sustentáveis. 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Virginia Mendes

Mulher, Juntas podemos mais!

Neste 8 de março – Dia Internacional da Mulher -, quero, inicialmente, convidar a todos para olhar e escutar com mais carinho e atenção as mulheres que estão ao seu redor. Isso é algo que deve vir antes de...

 
 
 
 
Sitevip Internet