Notícias / Agronegócios

23/09/15 às 21:33

26º Leilão Fazendas Sant’Anna fatura R$ 2,2 milhões

Pec Press

ÁGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
O 26º Leilão Fazendas Sant’Anna, realizado no dia 20 de setembro, em Rancharia (SP), contou com a participação de 45 investidores. Juntos, movimentaram R$ 2,2 milhões, ao disputar 165 touros Nelore PO e POI. Segundo a leiloeira Central Leilões, de Araçatuba (SP), as vendas foram efetivadas para o MS, MT, SP, MG, GO, TO, RJ, BA e PA, compondo uma média geral de R$ 13.329,00.
 
O leiloeiro Adriano Barbosa exalta a espetacular repercussão que o remate de Jovelino Mineiro obteve, ressaltando que “este foi um dos principais eventos de genética no calendário da raça Nelore em 2015 e também um dos que mais recebeu lances”. Cliente tradicional da Fazenda Sant’Anna, em Martinópolis (SP), a Fazenda Turmalina foi quem mais comprou no leilão, investindo R$ 565 mil em 33 touros, seguida por João Antonio Ruiz, pecuarista do Mato Grosso do Sul, com R$ 200 mil em 17 animais.
 
“Aqueles que aguardaram o 26º Leilão Fazendas Sant’Anna para fazer a reposição de touros fizeram um excelente negócio. São verdadeiras máquinas de produzir bezerros de qualidade. Têm expressão racial, aprumos corrigidos e são rústicos para servir a campo, nas condições mais extremas de clima e temperatura do Brasil, além de contar com um serviço de pós-venda com garantia total”, avalia Bento Mineiro, filho de Jovelino.
 
Cinco lotes foram cotados a valores acima de R$ 24 mil, mas dois deles, em especial, ainda superaram os R$ 30 mil. Destaque a CJ Sant’Anna 8037, arrematado pela Fazenda 20 de Maio (Getulina/SP) e CJ Sant’Anna 7964, adquirido pela Fazenda Chibata.  Ambos saíram por R$ 33,6 mil/cada, sendo os mais valorizados do remate.
                                                                                                                    
Cinquenta e três por cento das vendas ocorreram no recinto, que estava lotado, com mais de 500 pessoas presentes, entre pecuaristas, amigos, selecionadores, colaboradores e personalidades notórias na pecuária, como Luiz Cláudio Paranhos, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu. “Estamos sempre atentos à seleção que a Fazenda Sant’Anna desenvolve. É uma referência. Os touros estão muito bem avaliados no PMGZ e trabalharão bem a campo, sem sombra de dúvidas”, diz Paranhos.
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet