Notícias / Agronegócios

23/09/15 às 21:33

26º Leilão Fazendas Sant’Anna fatura R$ 2,2 milhões

Pec Press

ÁGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
O 26º Leilão Fazendas Sant’Anna, realizado no dia 20 de setembro, em Rancharia (SP), contou com a participação de 45 investidores. Juntos, movimentaram R$ 2,2 milhões, ao disputar 165 touros Nelore PO e POI. Segundo a leiloeira Central Leilões, de Araçatuba (SP), as vendas foram efetivadas para o MS, MT, SP, MG, GO, TO, RJ, BA e PA, compondo uma média geral de R$ 13.329,00.
 
O leiloeiro Adriano Barbosa exalta a espetacular repercussão que o remate de Jovelino Mineiro obteve, ressaltando que “este foi um dos principais eventos de genética no calendário da raça Nelore em 2015 e também um dos que mais recebeu lances”. Cliente tradicional da Fazenda Sant’Anna, em Martinópolis (SP), a Fazenda Turmalina foi quem mais comprou no leilão, investindo R$ 565 mil em 33 touros, seguida por João Antonio Ruiz, pecuarista do Mato Grosso do Sul, com R$ 200 mil em 17 animais.
 
“Aqueles que aguardaram o 26º Leilão Fazendas Sant’Anna para fazer a reposição de touros fizeram um excelente negócio. São verdadeiras máquinas de produzir bezerros de qualidade. Têm expressão racial, aprumos corrigidos e são rústicos para servir a campo, nas condições mais extremas de clima e temperatura do Brasil, além de contar com um serviço de pós-venda com garantia total”, avalia Bento Mineiro, filho de Jovelino.
 
Cinco lotes foram cotados a valores acima de R$ 24 mil, mas dois deles, em especial, ainda superaram os R$ 30 mil. Destaque a CJ Sant’Anna 8037, arrematado pela Fazenda 20 de Maio (Getulina/SP) e CJ Sant’Anna 7964, adquirido pela Fazenda Chibata.  Ambos saíram por R$ 33,6 mil/cada, sendo os mais valorizados do remate.
                                                                                                                    
Cinquenta e três por cento das vendas ocorreram no recinto, que estava lotado, com mais de 500 pessoas presentes, entre pecuaristas, amigos, selecionadores, colaboradores e personalidades notórias na pecuária, como Luiz Cláudio Paranhos, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu. “Estamos sempre atentos à seleção que a Fazenda Sant’Anna desenvolve. É uma referência. Os touros estão muito bem avaliados no PMGZ e trabalharão bem a campo, sem sombra de dúvidas”, diz Paranhos.
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - 'Destino da Terra e causas das misérias humanas'

“Admira-se de encontrar sobre a Terra tanta maldade e más paixões, tantas misérias e enfermidades de toda a sorte, concluindo-se quão deplorável é a espécie...

 
 
 
 
Sitevip Internet