Notícias / Agronegócios

17/09/15 às 19:21 / Atualizada: 17/09/15 às 19:40

Exportações de carne crescem e pecuaristas investem em novas tecnologias

Alta apresenta o programa Concept Plus Beef na Expointer

LN Comunicação

ÁGUA BOA NEWS

Imprimir Enviar para um amigo
São Paulo, 17 de setembro de 2015 – A pecuária de corte tem se tornado um segmento cada vez mais promissor. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) - 2015, a exportação de carne bovina brasileira atingiu US$505,8 milhões em julho, considerado o maior faturamento do ano. O Brasil é responsável por 17% da produção de carne no mundo, ficando em segundo lugar, perdendo apenas para os EUA, com 19%.  A expectativa é que em cinco anos o país ocupe o primeiro lugar.

A redução do rebanho norte-americano, influenciado pela seca e o abate de matrizes favoreceu ainda mais as exportações de carne in natura do Brasil, de acordo com a Confederação Nacional da Carne (CNA) – 2015.

“Recentemente o Brasil resgatou uma cultura de fazer animais mais produtivos e com maior qualidade. A grande diferença de hoje, comparada a outras oportunidades onde isso ocorreu, é a forma como está sendo realizada, ou seja, com muito cuidado, informação e suporte técnico que está assessorando muito bem esses produtores”, afirma Miguel.

O investimento em equipamentos tecnológicos e biotecnologias como a inseminação artificial tem sido a principal estratégia para aumentar a produtividade na pecuária de corte. Mas alcançar bons resultados no mercado, é preciso investir e se adequar às novas estratégias, para que tenha uma produção eficiente, com qualidade e resulte num negócio sustentável.

“Acreditamos que, conforme o avanço e melhoria da produtividade de carne no país, teremos mais abertura no mercado externo e uma maior valorização da carne brasileira. Com isto, o produtor é estimulado a investir cada vez mais em seu sistema, consequentemente aumentando o uso de tecnologias como, por exemplo, a inseminação artificial”, conclui Miguel Abdalla, gerente de Corte Taurino da Alta.

Sobre a Alta - A Alta hoje é considerada uma das maiores e mais importantes centrais de coleta, processamento e distribuição de sêmen do mundo -foi fundada no Brasil em maio de 1996, em Uberaba, Minas Gerais, sob o comando de Heverardo Rezende de Carvalho. Composta por mais de 130 colaboradores em sua Matriz em Uberaba, e mais de 700 em todo o país.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Coisas de Preto

Cada povo tem seu dom, sua habilidade e no Brasil temos a riqueza de todas as cores de pele,tipos de cabelo, todas as culturas do mundo, diferentes etnias. E no meu ponto de vista, a maior riqueza da humanidade é a diversidade.  Mas...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet