Notícias / Policial

12/06/18 às 19:38 / Atualizada: 12/06/18 às 19:55

Comodoro - Pelo menos 10 índios são presos por cobrança de pedágio e extorsão em operação

Juiz determinou a prisão preventiva de 15 indígenas da etnia Nambikwara, que cobram pedágio na BR-364. Segundo a PRF, ainda existem mandados a serem cumpridos.

G1 MT

Edição: Clodoeste 'Kassu' AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Comodoro - Pelo menos 10 índios são presos por cobrança de pedágio e extorsão em operação

Operação cumpre mandados contra índios em MT

Foto: Dvulgação PRF

Pelo menos 10 índios da etnia Nambikwara foram presos, nesta terça-feira (12), na BR-364 em Comodoro, durante uma operação contra cobrança de pedágio e extorsão. A ação tinha o objetibo de cumprir uma decisão da 1ª Vara Federal de Cáceres, que determinava a desobstrução da via.
 
Os indígenas bloqueavam o trecho da rodovia para cobrar pedágio dos motoristas há mais de 40 dias.
 
Cerca de 120 policiais federais e rodoviários federais, incluindo a tropa de choque da PRF, foram mobilizados para a operação, batizada de Via Líbero. Além disso, a atuação contou com o apoio do helicóptero da PRF e de ambulâncias para atender eventuais feridos.


Operação apreendeu taões usados pelos índios para a cobrança ilegal do pedágio (Foto: PRF/Divulgação)
 
A operação tinha o objetivo de cumprir 15 mandados de prisão. Segundo a PRF, ainda existem mandados a serem cumpridos.
 
A cobrança ilegal do pedágio foi constatada com a apreensão dos talões de recibos que variavam de R$20 a R$50.
 
Os presos estão sendo encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal em Cáceres, que investiga o caso.
 
Além dos mandados de prisão, a Justriça determinou buscas e apreensões e a remoção de todo material utilizado exclusivamente para cobrança ilegal do pedágio. Arcos, flechas, armas brancas e armas artesanais também foram localizados.
 
Facões usados pelos índios também foram apreendidos durante a operação (Foto: PRF/Divulgação)
Facões usados pelos índios também foram apreendidos durante a operação (Foto: PRF/Divulgação)
 
Cerca de 18 veículos, entre automóveis e motocicletas também foram apreendidos.
 
Em maio, a 2ª Vara Federal de Cáceres já tinha determinado a desobstrução da via. À época, os índios foram retirados pela PRF, mas acabaram voltando para a rodovia e cobrando pedágio ilegalmente.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Ludmilla Vilela

Lei Geral de Proteção de Dados

Você sabe quantos novos conceitos e princípios a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) introduziu para tratamento de dados pessoais? A lista é grande. O que ele faz e quais são os pontos mais importantes da...

 
 
 
 
Sitevip Internet