Notícias / Barra do Garças

27/05/18 às 22:37

Friboi suspende abate na unidade de Barra do Garças

Araguaia Notícia

Edição: Clodoeste 'Kassu' AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Friboi suspende abate na unidade de Barra do Garças

Foto: Divulgação

O maior frigorífico de carne bovina de Mato Grosso, Friboi de Barra do Garças, está parado desde quinta-feira e deve continuar por mais alguns dias.

Os funcionários foram informados sobre a suspensão do abate em virtude da logística para retirar a carne do frigorífico e encaminhar para portos e pontos de revenda em função da greve dos caminhoneiros.

A unidade de Barra do Garças emprega quase duas mil pessoas e trabalha com três turnos. A capacidade de abate da unidade barra-garcense é uma das maiores do Brasil com capacidade de abater 1.500 bois por dia. Todavia a greve dos caminhoneiros, que é considerada legítima pela população em função do preço alto dos combustíveis, afeta não só embarque da carne, mas também a chegada dos animais até o frigorífico.

Em Barra do Garças, serviços essenciais estão funcionando sem problema como saúde, policiamento, bombeiro, transporte escolar e escolas e faculdades devem funcionar normalmente na segunda-feira com exceção da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) que está com uma greve em andamento dos alunos por causa do reajuste da comida no restaurante universitário RU.

Os caminhoneiros continuam ganham o apoio da comunidade barra-garcense. Na sexta-feira foram os mototaxistas que saíram em defesa dos caminhoneiros e neste domingo um gigantesca carreata marcou posição do povo em favor dos caminhoneiros.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

As mulheres da minha vida

Thomires era o nome da minha avó paterna.  Descendente de franceses, tinha a pele muito alva e os olhos azuis claros, que lembravam o mar. O louro esbranquiçado do seu cabelo remetia-me aos das minhas bonecas. Adorava admirar o...

 
 
 
 
Sitevip Internet