Notícias / Notícias Gerais

22/05/18 às 09:12 / Atualizada: 22/05/18 às 16:07

Caminhoneiros fazem 2º dia de protesto em rodovias de MT contra o reajuste dos combustíveis

Manifestações ocorrem em doze trechos de quatro rodovias federais e uma estadual. Passagem de veículos está liberada, segundo a concessionária.

Denise Soares, G1 MT com redação AguaBoa News

Imprimir Enviar para um amigo
Doze pontos de protesto são registrados na manhã desta terça-feira (22) no segundo dia de manifestação de caminhoneiros nas rodovias federais de Mato Grosso. O protesto começou na segunda-feira (21) contra o reajuste no preço do combustível anunciado pela Petrobrás.
 
Há protestos em Barra do Garças, Cuiabá, Sinop, Primavera do Leste, Campo Verde, Sapezal, Comodoro, Rondonópolis, Nova Mutum e Tangará da Serra.
 
Veja os locais onde há protestos:
BR-070 no Km 5 em Barra do Garças; Primavera do Leste, BR-070 no km 282; Campo Verde, BR-070 no km 383; Cuiabá, BR-070 no km 504; Cuiabá, BR-364 no km 398; Sapezal, BR-364 no km 1.120; Sinop, BR-163 no km 821; Sinop, BR-163 no km 854; Comodoro, BR-174 no km 488; Rondonópolis, BR-364 no km 200; Nova Mutum, BR-163 no km 593 e MT-358 em Tangará da Serra.
 
Também há manifestação na MT-358 em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá. (Foto: Nayana Bricat/TV Centro América)
Também há manifestação na MT-358 em Tangará da Serra (Foto: Nayana Bricat/TV Centro América)
 
Segundo a concessionária que administra a rodovia, Rota do Oeste, em todos os pontos está liberada a passagem de veículos de passeio, ambulâncias e veículos de carga viva e perecíveis.
 
Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Mato Grosso (Sindmat) disse que a paralisação foi convocada pela (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) contra a política de reajuste de combustível da Petrobras, que, segundo a entidade, "é abusiva e prejudica toda a sociedade".
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

Vinho chileno com sabor de rebeldia

Já fui melhor nisso. Uns dez anos atrás, eu era um apreciador de vinhos. Na época, isso era uma espécie de moda, e, de todos os vinhos, o que eu menos apreciava era o chileno. Talvez em razão do meu paladar mais...

 
 
 
 
Sitevip Internet