Notícias / Meio Ambiente

18/05/18 às 16:11

Poço artesiano é saída durante a seca em diversas regiões do Brasil

Débora Ramos

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Poço artesiano é saída durante a seca em diversas regiões do Brasil

Foto: Divulgação

No outono e no inverno é comum que algumas regiões do país sofram com a estiagem. No Ceará, por exemplo, apesar da melhora considerável em relação a 2017, devido ao volume de chuva no mês abril - 12% acima do esperado-, ainda há 63,18% do território com algum nível de seca.
 
No estado de São Paulo, os meteorologistas atentam para a baixa umidade do ar. É esperado para os próximos dias que o índice chegue a 30%. A OMS recomenda que a umidade fique acima de 60%. Santa Catarina já sofre com a estiagem, o que levou a CASAN pedir à população catarinense faça racionamento de água como precaução.
 
Para se preparar, muitos condomínios, produtores, agricultores e empreendedores em todo o país estão investindo na escavação de poços artesianos e semi-artesianos para suprir a possível falta de água. Essa alternativa vem crescendo e tem ganhado cada vez mais adeptos.

O que é poço artesiano?

Poços artesianos são aqueles que possibilitam a utilização das águas subterrâneas pelo homem, para que ele consiga realizar todas as suas atividades cotidianas. Esse recurso era utilizado nos primórdios da civilização, já que a água jorra naturalmente sem a necessidade de um equipamento específico.
 
Outra maneira de conseguir utilizar a água do subsolo é por meio de um poço semi-artesiano. A diferença entre os dois é que este último requer a ajuda de um maquinário para que o líquido seja pressionado e bombeado até a superfície e possa ser aproveitado para a realização de diversas atividades.
 
O uso de reservas hídricas está cada vez mais comum no Brasil, pois é um verdadeiro investimento, principalmente para empresários que trabalham diretamente com a água, como lava-rápido. Com a manutenção sempre em dia, como limpeza e eliminação de resíduos que podem ficar acumulados na tubulação, a qualidade da água e de seu funcionamento estarão garantidos.

Vantagens do poço artesiano

Como é retirada do subsolo, a água tende a ter mais nutrientes e sais minerais do que a utilizada no dia a dia. A autonomia que o poço artesiano oferece é grande, já que as consequências de uma crise hídrica são minimizadas ou nem são sentidas por empresas e comunidades. Sendo assim, ele se tornou a alternativa perfeita para escapar do desabastecimento e racionamento.
 
Além de mais pura, a água pode ser consumida sem a necessidade do pagamento de altas taxas, já que as cobranças dos serviços de abastecimento são mínimas. Em alguns casos, quando a quantidade de água adquirida pelo poço é capaz de suprir todas as suas necessidades, é possível se desvincular totalmente dos serviços de abastecimento.

Como construir?

Com a crise hídrica que assolou algumas regiões brasileiras nos últimos anos, a procura pela construção dos poços artesianos aumentou. Entretanto, vale lembrar que é necessária uma autorização especial para que a escavação seja iniciada, o que pode demorar em torno de seis meses e um ano para ser emitida.
 
Os técnicos devem avaliar se há exploração e muita utilização das águas subterrâneas na região. Além disso, alguns testes são realizados para saber se a água está contaminada por produtos químicos ou outros agentes que podem causar doenças. Também é feita a verificação da quantidade de água existente na área para descobrir se ela atende às necessidades da residência ou do estabelecimento e compensa o investimento na obra.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

João Spenthof

Cooperativismo de crédito: trabalhar para transformar

Cooperar é uma palavra que tem várias definições. Uma delas é operar em conjunto, é – o que podemos dizer – ser coautor(a) de uma mesma obra. Esses “coautores” são chamados de...

 
 
 
 
Sitevip Internet