Notícias / Aventuras

29/04/18 às 19:24

Deu no Jornal Nacional - Atoleiros na estrada Transpantaneira prejudicam turismo no Pantanal

Em Mato Grosso, a chuva deixou regiões isoladas. A cheia atingiu os rios que abastecem o Pantanal e as pousadas estão vazias.

Jornal Nacional

Edição: Clodoeste 'Kassu' AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Deu no Jornal Nacional - Atoleiros na estrada Transpantaneira prejudicam turismo no Pantanal

Foto: Marcelo souza

A chuva deixou isoladas regiões do Pantanal mato-grossense. Os atoleiros que surgiram ao longo da estrada Transpantaneira estão prejudicando o turismo.

No início, o carro vai bem pela estrada. Rodando mais um pouco começam os problemas. As imagens foram feitas por moradores. Mostram verdadeiros atoleiros, onde até para a capivara, animal típico da região, é difícil passar.

A Transpantaneira corta o parque nacional, entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul . Por causa da beleza do Pantanal, são centenas de pousadas ao longo da estrada. Mas, com os atoleiros que se formam no período de chuva, é quase impossível chegar.

O governo do estado inaugurou 30 novas pontes de concreto ao longo da Transpantaneira, um investimento de mais de R$ 12 milhões. Só que quem trabalha com turismo no Pantanal reclama que de nada adianta pontes se as estradas estão em precárias condições. Muitas pousadas não recebem turistas há mais de um mês.

A região de Porto Jofre, onde a situação é pior, é conhecida por ser um dos melhores lugares para observação de onças. Mas é até difícil achar turista que queira enfrentar uma estrada assim.

“Dessas 90 pontes 40% estavam na UTI em estado crítico. Já reformamos todas elas. Estamos fazendo uma ação emergencial. Já foram adquiridos junto com a associação de defesa do pantanal mais de 120 toneladas de pedra rachão, pedra de mão para serem aplicadas nesses pontos críticos”, disse Marco Antônio Fonseca, superintendente de Parcerias Regionais da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

“Estamos pedindo melhorias para que todo ano não aconteça isso”, pediu Diego Nunes Rondon, dono de pousada. 

O governo de Mato Grosso afirmou que dentro de 15 a 29 dias o problema dos atoleiros na Transpantaneira deve estar resolvido.
Imprimir Enviar para um amigo

Vídeo Relacionado

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Queimada e tempo seco não são os agentes principais das doenças respiratórias

As clínicas de otorrinolaringologista e pneumologia ficam cheias nesta época do ano. Crianças e idosos sofrem para dormir, principalmente devido à baixa resistência do organismo, fato que provoca com facilidade...

 
 
 
 
Sitevip Internet