Notícias / Educação

08/09/15 às 19:57

Juiz de Querência faz palestras em escolas

Ana Luíza Anache

Assessoria

Imprimir Enviar para um amigo
Aproximadamente 200 alunos de duas escolas estaduais de Querência foram beneficiados pelo programa ‘Poder Judiciário na Escola’, na última sexta-feira (4 de setembro). O juiz da comarca, Maurício Alexandre Ribeiro, fez quatro palestras nas escolas Querência e 19 de Dezembro, de manhã e à tarde, para estudantes de oito turmas do 9º ano do ensino fundamental. Esta foi a primeira edição do programa no município, em 2015.
 
O magistrado falou sobre a estrutura e o funcionamento do Poder Judiciário, esclarecendo a diferença entre os três poderes e detalhando o judiciário, as funções de um juiz, de um desembargador, do Tribunal de Justiça (TJ), do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF). “Outro tema abordado foi o tempo de maturação de um processo, como ocorre o trâmite desde a ocorrência na rua até chegar ao judiciário”, acrescentou Maurício.
 
De acordo com o juiz, o intuito da palestra foi aproximar o Poder Judiciário da sociedade e auxiliar os estudantes no exercício da cidadania. “Ouvimos muito que a Justiça não anda e precisamos acabar com essa ideia. Por isso escolhi, como exemplo, contar a história de um crime de furto, como ocorre desde o início até virar uma ação penal, passando pela Polícia Civil, Ministério Público, Defensoria Pública ou advogado”, salientou.
 
Maurício Ribeiro fez uma analogia entre o processo e uma fruta. Segundo o juiz, assim como quanto mais madura a fruta melhor é o sabor, ocorre com o processo. “O tramite legal precisa ser cumprido para que o juiz possa sentenciar da melhor maneira possível e com segurança”, defendeu. O magistrado acrescentou ainda que a segunda etapa do programa será levar os alunos para visitar e conhecer a estrutura do Fórum.
 
Poder Judiciário na Escola – O programa é desenvolvido pela Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT) com objetivo de esclarecer estudantes da rede pública e particular acerca das funções, atividades e órgãos do Poder Judiciário, por meio de visitas às instituições forenses e palestras proferidas por autoridades nas escolas. As palestras têm como tema a organização judiciária e seus membros, direitos e deveres do cidadão e direitos e deveres das crianças e adolescentes, especialmente aqueles em conflito com a lei.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Queimada e tempo seco não são os agentes principais das doenças respiratórias

As clínicas de otorrinolaringologista e pneumologia ficam cheias nesta época do ano. Crianças e idosos sofrem para dormir, principalmente devido à baixa resistência do organismo, fato que provoca com facilidade...

 
 
 
 
Sitevip Internet