Notícias / Negócios

17/01/18 às 15:33

Representantes chineses anunciam investimentos de US$ 22 milhões em Mato Grosso

A empresa chinesa pretende se fortalecer em Mato Grosso ainda este ano. Testes foram feitos com o drone doado no Palácio Paiaguás

Eliana Bess | Gcom-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Representantes chineses anunciam investimentos de US$ 22 milhões em Mato Grosso

Demonstração do uso do drone agrícola

Foto: Christiano Antonucci

Mato Grosso recebeu nesta quarta-feira (17.01) a visita de uma comitiva chinesa ao Palácio Paiaguás. Os chineses entregaram dois drones para a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf). Esta é a sétima visita dos asiáticos ao Estado, desde que uma comitiva mato-grossense, liderada pelo governador Pedro Taques, foi a China no mês de novembro de 2017.

A empresa chinesa Zhuhai Yuren Agricultural Aviation Co. Ltd. anunciou os investimentos que espera prospectar em Mato Grosso para a instalação de uma linha de montagem (fábrica) de drones em 2018. “Vamos visitar algumas cidades do Estado para definir o local. Projetamos investimentos iniciais de US$ 22 milhões de dólares com previsão de gerar aproximadamente 200 empregos”, revelou o diretor executivo da empresa, Jeff Yi.

O processo para a implantação deve ocorrer rápido, uma vez que todo o trabalho começou no ano passado e se consolidou em novembro com a comitiva do governador no  MT Investiment Forum realizado em Beijing/China. “Este ano queremos acelerar com a abertura do escritório e com a implantação da linha de montagem”, afirmou o representante chinês.




A escolha por Mato Grosso, segundo o diretor da Zhuhai, se deu pelo fato de considerarem o Estado como referência agrícola mais importante do Brasil. “É hoje o maior estado com potencial para promover a venda e também a unidade de montagem da fábrica. Nos sentimos confiantes, acreditamos no mercado de Mato Grosso”, disse Jeff Yi, que tem interesse em firmar convênio com o governo do Estado para ensinar os produtores a utilizar os drones.

“Estamos colhendo os resultados do trabalho desenvolvido nas missões internacionais. Eles vão viajar pelo Estado de Mato Grosso e terão a oportunidade de conhecer os nossos diferentes potenciais”, frisou o governador Pedro Taques.

Para o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt) Silvio Rangel, o governador está no caminho certo, promovendo as viagens para outros países, abrindo fronteiras, agregando valor aos produtos mato-grossenses e para a economia. “Se a gente quer alguma coisa diferente, a gente tem que fazer algo diferente e inovações nessas áreas também. Está aí uma grande oportunidade, essas comitivas que o governador tem feito para fora do país com certeza trarão resultados positivos para economia de Mato Grosso”, pontuou.

Drone

Os drones doados para a Seaf serão utilizados na agricultura familiar. “Nunca os pequenos produtores de Mato Grosso tiveram tanto acesso quanto na atual administração. Através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e da Desenvolve MT, olha para a agricultura familiar, produtores estes que podem sonhar em ter o mesmo aporte que as grandes cadeias produtivas possuem, com a utilização de novas tecnologias”, destacou o secretário da Seaf, Suelme Evangelista.




“Este governo não encara como pequenos agricultores, mas como gigantes, possibilitando que a tecnologia chegue para estes grandes produtores de pequenas áreas. São relações efetivas, com resultados efetivos”, concluiu o deputado Leonardo Oliveira, representando a Assembleia Legislativa.

Demonstração de uso dos drones foram realizados no Palácio  Paiaguás, durante assinatura do termo de doação de dois equipamentos.

Empresa Chinesa

A Zhurai Yuren Agricultural Aviation é uma empresa chinesa fabricante de Drones R & D (produção, vendas, serviços agrícolas) localizada na cidade de Zhuhai.

Com foco em drones agrícolas, é o único fabricante do segmento nomeado pelo Ministério da Agricultura (MOA) para realizar e demonstração de vôo em diferentes províncias, cobrindo mais de 500.000 hectares para proteção de culturas (arroz, trigo, milho, algodão, vegetais, árvores frutíferas e outras).




Detém 80 patentes na China continental e solicitações de patentes internacionais na Europa e América, Coréia do Sul e Japão, Austrália, Brasil e outros países e regiões.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 
 
Sitevip Internet