Notícias / Agronegócios

17/12/17 às 09:43

MT tem aumento no abate de bovinos e lidera produção nacional, diz IBGE

No 3º trimestre de 2017, o estado abateu 173 mil cabeças a mais que no mesmo período do ano passado. Segundo o IBGE, MT tem 16,6% da participação nacional no abate de gado.

G1/MT

Edição AguaBoaNews, Clodoeste Pereira 'Kassu'

Imprimir Enviar para um amigo
MT tem aumento no abate de bovinos e lidera produção nacional, diz IBGE

Ao todo, foram abatidas 7,98 milhões bovinos até setembro deste ano

Foto: Sedec-MT/Divulgação

Mato Grosso abateu 173,06 mil cabeças de gado a mais no terceiro trimestre de 2017 em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
Ao todo, foram abatidas 7,98 milhões bovinos até setembro deste ano, um total de 661,98 mil a mais que no mesmo período de 2016.
 
Com o aumento, o estado continua liderando o abate de bovinos no país. Segundo o IBGE, Mato Grosso tem 16,6% da participação nacional. Mato Grosso do Sul e Goiás aparecem em seguida com 10,9% e 10,6%, respectivamente.
 
Apesar do aumento no país, os estados de Tocantins, Pernambuco, Pará, Paraíba e no Maranhão apresentaram queda no abate de gado.
 
Mato Grosso também registrou aumento no abate de suínos (Foto: José Medeiros / Gcom-MT)
Mato Grosso também registrou aumento no abate de suínos (Foto: José Medeiros / Gcom-MT)
 
Segundo o IBGE, Mato Grosso também registrou aumento no abate de suínos. No terceiro trimestre deste ano foram 20,37 mil cabeças a mais que em 2016. No Brasil, 11,03 milhões de cabeças de suínos foram abatidos.
 
O número representa um aumento de 3,9% em relação ao terceiro trimestre de 2016. Este é o melhor resultado entre todos os trimestres desde que o IBGE iniciou o levantamento em 1997.
 
Em contrapartida, Mato Grosso teve queda no abate de frangos. Ao todo, foram abatidas 22,58 milhões de aves a menos que o terceiro trimestre de 2016.
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Queimada e tempo seco não são os agentes principais das doenças respiratórias

As clínicas de otorrinolaringologista e pneumologia ficam cheias nesta época do ano. Crianças e idosos sofrem para dormir, principalmente devido à baixa resistência do organismo, fato que provoca com facilidade...

 
 
 
 
Sitevip Internet