Notícias / Notícias Gerais

13/12/17 às 23:28 / Atualizada: 13/12/17 às 23:37

Projeto de construção da TO–500, na travessia da Ilha do Bananal, ganha novo impulso

Portal do Amaral

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Projeto de construção da TO–500, na travessia da Ilha do Bananal, ganha novo impulso

Foto: Divulgação

Na sua busca incansável de consolidar um antigo sonho dos produtores rurais e da população do entorno da Ilha do Bananal tanto no Tocantins, quanto no Mato Grosso, o engenheiro  José Mazzaro, esteve em audiência no início deste mês com o presidente da Funai, Franklimberg Ribeiro Freitas, em Brasília. Ele estava acompanhado do senador José Medeiros, do Mato Grosso. Na pauta, os próximos passos a serem executados com vistas a implantação da TO-500 Travessia da Ilha do Bananal.

De acordo com Mazzaro, como parte da nova etapa desse projeto serrão realizadas as audiências públicas, principalmente junto às comunidades indígenas, as quais teve o apoio imediato da própria Funai. Além disso, a equipe de Mazzaro já encaminhou toda documentação necessária ao diretor Rodrigo Paranhos, da Diretoria de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável, com o objetivo de dar sequência ao Licenciamento Ambiental, já em andamento pelo Governo do Estado do Tocantins.

Otimista com os contatos realizados com o Governo Federal, Mazarro informou que uma nova reunião de trabalho foi agendada para o próximo dia 19, na DPDS na sede da Funai, em Brasília.

Na terça-feira (12), Mazzaro participou, em Brasília,  do lançamento da AGRO + INTEGRIDADE,  do Ministério da Agricultura, que está sendo colocada em prática através do ministro Blairo Maggi e contando com o apoio do Palácio do Planalto. Na ocasião aconteceu um rápido bate-papo entre o ministro Blairo e o Mazzaro que destacou a importância do Projeto da TO-500, para o AGRO +.

O ministro sugeriu marcar para breve uma audiência especial para se tratar do assunto.

Importante salientar, o total respeito a comunidade indígena, formada pelas etnias Javaés e Karajás,  em que foi destacada na reunião, a obrigatoriedade do cumprimento de todas as leis, decretos e portarias vinculadas ao assunto, bem como a OIT 169.

Mazzaro destacou ainda, que após esses atos burocráticos serão programadas as audiências públicas, inicialmente com toda a comunidade indígena, para definição de todos os detalhes; sociais, ambientais e econômicos, junto a essa comunidade. E na segundo segunda-feira dia (15), reunirá com o governador do Tocantins Marcelo Miranda em uma importantíssima reunião.
 

Blairo Maggi e ao fundo engº. Mazzaro, salão Nobre, P. Planalto
 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

A arte é única e o artesanato é repetição

Deus seria um artista ou um artesão? Qual composição musical pode ser chamada de artesanato ou arte? Qual trabalho em geral deve ser denominada arte e qual artesanato?   Como está a arte no Brasil? Num país...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet