Notícias / Agronegócios

18/11/17 às 07:02

Chineses vem a Mato Grosso para conhecer produção de suínos e grãos

Renata Menezes | Sedec-MT

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Chineses vem a Mato Grosso para conhecer produção de suínos e grãos

Foto: Divulgação

Na próxima terça-feira (21.11), a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) recebe um grupo de empresários chineses interessados em conhecer mais sobre a cadeia da suinocultura do Estado. A visita dos chineses já é um desdobramento da recente viagem de uma comitiva do Governo de Mato Grosso até a China e será uma oportunidade de prospectar negócios e investimentos.

A China é líder mundial na produção, no consumo e na importação de carne suína e a demanda por carne e por sua qualidade vem aumentando. Além disso, há uma crescente pressão dos desafios ambientais e o governo vem colocando regulamentos mais rígidos para se adequar às mudanças climáticas de forma a garantir a segurança alimentar e o abastecimento seguro e equilibrado de alimentos.

Conforme dados apresentados pela equipe chinesa, nos últimos 30 anos o consumo de carne da China quadruplicou. Mesmo com a produção própria, o país segue dependendo da importação de outras matérias-primas para alimentação. Mato Grosso tem grande potencial para atender a esta demanda. Ainda conforme informações fornecidas pelo grupo, as importações da China equivalem a aproximadamente 50% do volume anual total de importação de soja do Brasil, e, cerca de 80% desse montante é todo direcionado para a indústria de alimentos para animais.

Neste contexto, Mato Grosso tem papel de destaque, pois, além do clima favorável para a produção animal e vegetal, o Estado é beneficiado pela disponibilidade de água doce e alta oferta de grãos para a ração animal, como a soja e o milho, garantindo volume e sanidade na produção com preços competitivos.

Para recepcionar o grupo, liderado pela maior empresa de criação de suínos da China a Muyuan Group e mais 27 representantes de empresas ligadas à suinocultura, diversas ações estão previstas para apresentar o potencial industrial de suínos e grãos mato-grossense.

Na terça (21.11), será realizada a recepção da comitiva com a presença do governador Pedro Taques, do vice-governador Carlos Fávaro, do secretário da Sedec, Carlos Avalone, e de algumas entidades representativas do setor como a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e a Associação dos criadores de suínos de Mato Grosso (Acrismat). No dia seguinte, o grupo segue para o município de Sorriso (420km de Cuiabá) onde haverá uma reunião com empresários locais do ramo da suinocultura, além de visitas técnicas em frigoríficos.

Conforme o secretário Carlos Avalone, Mato Grosso tem se mostrado acima da média nacional quando a questão é desenvolvimento. "Tudo isso está fazendo com que o nosso Estado se destaque e chame a atenção de outros países que desejam investir no Brasil, no caso da China, essa relação vem se estreitando cada vez mais forte, e, são essas visitas técnicas que tem fortalecido a troca de experiências e as possíveis parcerias comerciais para que novos investimentos cheguem por aqui”, explica.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Alfredo da Mota Menezes

Nascendo a agroindústria

Deve crescer no Estado as fábricas de etanol de milho, como ocorreu nos EUA Têm em operação 12 fábricas de etanol em Mato Grosso. Duas são de milho e três, chamada flex, com cana e milho. As outras...

 
 
 
 
Sitevip Internet