Notícias / Entretenimento

17/11/17 às 17:15

A Flor Mato-grossense ganhou o Grammy Latino

Eduardo Gomes/ Boa Midia

Edição AguaBoaNews, Clodoeste Pereira 'Kassu'

Imprimir Enviar para um amigo
A Flor Mato-grossense ganhou o Grammy Latino

Foto: Instagram Bruna Viola

Cuiabana da gema, Bruna Villas Bôas Kamphorst ganhou os palcos e os corações de seus fãs com o nome artístico de Bruna Viola. Cantora de mão cheia, ela agora entra definitivamente no plano internacional. Las Vegas ficou aos seus pés, reverente, para vê-la receber o Grammy Latino categoria Melhor Álbum de Músicas Raízes do Brasil, com o seu “Melodias do Sertão”.

A premiação, ontem, quinta-feira, pela primeira vez deu destaque internacional a uma voz mato-grossense. A obra tem 14 faixas, cada uma mais sertaneja do que a outra, com destaque para “Flor Mato-grossense”, que ela compôs e canta como se estivesse diante de um espelho falando com seu coração, seus sonhos e desejos.

“Sou uma flor desabrochando, estou aprendendo agora /
Que o orvalho vai secando quando vem rompendo a aurora /
Aprendi que pra casar, primeiro a gente namora /
Sou nova pra namorar, gosto é de tocar viola /
Educação vem de berço, também se aprende na escola /
Sou uma flor mato-grossense, meu nome é Bruna Viola /
Sou adolescente ainda, mas aprendi com meus pais /
Que pra se vencer na vida temos que correr atrás /
Nunca atropelar ninguém, a hora a gente é que faz /
Andar com honestidade pra alcançar os ideais /
Acreditar sempre em Deus que logo a gente decola /
Sou uma flor mato-grossense, meu nome é Bruna Viola /…
 
É ELA
 
Menina linda, charmosa, civilizada, educada, que não perde a humildade para o nariz arrebitado que costuma ser marca registrada de famosos, Bruna Viola é orgulho da nossa terra, é o Grammy Latino de 3 milhões e 300 mil mato-grossenses; é nossa voz ecoando mundo afora.

Apaixonada por sua terra a ganhadora do Grammy Latino tem em sua inseparável viola um adesivo com a Bandeira de Mato Grosso, que também está cravado em seu coração.

Pena que Mato Grosso prevaleça a máxima “Santo de casa não faz milagres”.

Bruna Viola é a grande ausência nos shows promovidos pelo governo de Pedro Taques e a Assembleia Legislativa; neles, não há lugar para ela, que também não tem espaço junto ao prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro na programação dos festejos do tricentenário da capital mato-grossense.

Canta Bruna Viola!
Canta menina bonita de Mato Grosso.
Parabéns por sua conquista.
Saiba que a premiação engrandece muito mais ao Grammy, que agora está plenamente justificado ao chegar à sua galeria de glória.
  • A Flor Mato-grossense ganhou o Grammy Latino
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Alfredo da Mota Menezes

Nascendo a agroindústria

Deve crescer no Estado as fábricas de etanol de milho, como ocorreu nos EUA Têm em operação 12 fábricas de etanol em Mato Grosso. Duas são de milho e três, chamada flex, com cana e milho. As outras...

 
 
 
 
Sitevip Internet