Notícias / Educação

23/10/17 às 11:58 / Atualizada: 23/10/17 às 12:31

Universidade desenvolve motor a etanol que propicia o mesmo consumo de combustível de motores à gasolina

A nova tecnologia será apresentada no "IV Seminário Sobre Etanol Eficiente" realizado pelo Instituto Nacional de Eficiência Energética no dia 25 de outubro, em Jundiaí.

Vera Longuini, Ateliê da Notícia

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Universidade desenvolve motor a etanol que propicia o mesmo consumo de combustível de motores à gasolina

Foto: Divulgação

Após 14 anos de estudo, pesquisadores da UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais - conseguiram acabar com o conceito que o etanol consome 30% a mais em relação à gasolina graças às modificações no sistema de combustão do motor.

O motor movido a etanol com eficiência igual a do diesel e consumo de combustível inferior ao da gasolina acaba de ser desenvolvido por pesquisadores da UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais. O estudo acaba de ser concluído e prova que esta tecnologia pode facilmente ser adaptada em automóveis de pequeno e grande portes no país desde que haja interesse dos órgãos públicos e privados.

A viabilidade do motor movido a etanol será apresentada durante o “IV Seminário Sobre Etanol Eficiente”, organizado pelo INEE - Instituto Nacional de Eficiência Energética -, que será realizado no dia 25 de outubro, no Tech Center Mahle (Rodovia Anhanguera, sentido interior-capital, Km 49,7), das 8h30 às 17h, em Jundiaí (SP). O programa completo do evento e as inscrições estão disponíveis no site www.inee.org.br.

A pesquisa em laboratório, desenvolvida sob a coordenação do professor e engenheiro mecânico José Guilherme Coelho Baêta, do Centro de Tecnologia da Mobilidade da UFMG e palestrante no Seminário, resultou na criação de um motor 1.0, de 185 cavalos de potência e movido a etanol com eficiência superior aos movidos a gasolina e equivalente, em eficiência, aos que utilizam diesel. O estudo acaba com o conceito de que o etanol consome 30% a mais se comprado a gasolina. “O etanol sempre superou a gasolina em termos de eficiência energética. A novidade aqui é a paridade de consumo de combustível”, explica o professor.

Depois de 14 anos de estudos em busca de tornar o uso do etanol mais viável, pela primeira vez os pesquisadores conseguiram atingir o máximo de sua eficiência, inclusive superando os demais combustíveis. Os pesquisadores modificaram todo o sistema de combustão do motor e reduziram o tamanho da câmara de combustível para facilitar a queima do etanol com cargas elevadas.

O professor Baêta explica que o combustível fóssil tem uma vida útil pequena, de 40 anos, aproximadamente, e que no futuro não será possível depender só de sistemas elétricos. Por isso, é preciso desenvolver tecnologia a partir do uso de matrizes energéticas renováveis. “Cerca de 45% da matriz energética de combustível no Brasil vem de fontes renováveis, enquanto que em outros lugares do mundo este índice gira entorno de 11%. Isso significa que temos condições de sermos autossuficientes, adaptados à realidade do clima tropical”, compara. 

Falta de incentivo

Desde o Proálcool - Programa Nacional do Álcool -, financiado pelo Governo Federal entre as décadas de 1970 e 1990 para substituir o petróleo por álcool combustível (termo usado para o etanol na época), não se investiu mais em larga escala em estudos e no desenvolvimento de tecnologias em projetos envolvendo o motor a etanol. O desinteresse das indústrias e universidades contribuíram para que o setor automobilístico brasileiro não se modernizasse de acordo com o potencial energético, tornando-se cada vez mais dependente da tecnologia estrangeira.

Como cada região do planeta dispõe de matrizes energéticas diferentes, as tecnologias desenvolvidas também são diferentes para adaptá-las. Segundo o professor Baêta, as montadoras da frota brasileira são multinacionais e as tecnologias dos veículos são trazidas de fora, desenvolvidas de acordo com os recursos energéticos estrangeiros e não com os renováveis que o Brasil dispõe.

“Ficamos atrasados no desenvolvimento de tecnologias nacionais e isso é uma ignorância do mercado, que não valoriza o que é daqui. Precisamos quebrar paradigmas e deixar de exportar nossas riquezas como matéria prima e, sim, exportar produtos já transformados aqui”, conclui o professor.

Seminário

O seminário discute ainda a utilização do etanol na frota da agroindústria brasileira, visando a redução de custos e de impactos ambientais, a utilização de tecnologias variadas e os desafios e perspectivas de uso do Certificado de Redução de Emissões (CRE) que será criado pelo programa RenovaBio.

 
Programação - 25 de outubro
Horário  
08:30 Inscrições e Credenciamento
09:00 Abertura
  • Apresentadores
Jayme Buarque de Hollanda - Diretor Geral do INEE
Ricardo Abreu - Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Mahle
Elizabeth Farina - Presidente UNICA
Etanol, o combustível automotivo ideal
09:15 Tecnologias
A substituição do diesel etanol por etanol pode ocorrer tanto em motores ciclo Diesel quanto em motores Otto otimizados quanto, ainda, através da hibridação.
  • Coordenadores
Francisco Emílio Baccaro Nigro - Professor da Escola Politécnica da USP
  • Palestrantes
Marcos Clemente - Gerente de Serviços Científicos da Mahle
Eficiência energética com sustentabilidade: o etanol e os combustíveis de alta octanagem
Hugo Nicioli - Engenheiro da SCANIA da área de tecnologias para combustíveis alternativos
Motores diesel com etanol – experiência da Scania
Rubens Avanzini - Gerente de Desenvolvimento de Sistemas da Bosch para Veículos Comerciais
Motor Biocombustível - diesel e etanol - experiência Bosch
José Guilherme Baêta - Professor da UFMG
Motores Otto a etanol, mais compactos, eficientes e potentes
José Roberto Moreira - Professor da USP e FAPESP
Aumentando o interesse pela P&D de Motores a Etanol
13:00 Almoço
14:15 Usos
O tema interessa ao setor de cana, que consome 2,5 bilhões de litros de diesel por ano no  plantio, colheita, transporte e irrigação e ao transporte público sujeito a restrições ambientais cada vez mais severas. Interessa também ao transporte público urbano, onde emissões do diesel prejudicam a saúde pública.
  • Coordenadores
Pietro Erber - Diretor do INEE
  • Palestrantes
Jayme Buarque de Hollanda - Diretor Geral do INEE
Substituição do diesel por etanol na agroindústria da cana-de-açúcar
Ieda Maria de Oliveira - Diretora da Eletrabus
Ônibus híbridos a etanol – uma possibilidade a estudar para uso urbano
15:30 Política
O uso automotivo do etanol é a única alternativa de transporte que concilia uso de combustíveis e baixas emissões locais. O Brasil é o país melhor capacitado para demonstrar essa alternativa, devendo, para tanto, elevar ao máximo a eficiência no seu uso. Discute-se como adequar  barreiras regulatórias técnicas e mercadológicas para atingir este objetivo.
  • Debatedores
Waldyr Gallo - Professor UNICAMP
Luciano Rodrigues - Gerente de Economia e Análise Setorial da UNICA
Giovani Machado - Superintendente de Gás Natural e Combustíveis da EPE - Empresa de Pesquisa Energética
Artur Yabe Milanez - Gerente setorial do Depto do Complexo Agro Alimentar e Biocombustíveis, BNDES
Carlos Orlando Enrique da Silva - Superintendente de Biocombustíveis e Qualidade de Produtos da ANP
  • Coordenadores
Marcos José Marques - Presidente do Conselho Diretor do INEE
17:30 Encerramento

 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

João Baptista Herkenhoff

Imprensa e Dignidade da Mulher

No mês de setembro ocorrem duas datas comemorativas de grande significado – o Dia da Imprensa (dez de setembro) e  o Dia Latinoamericano da Imagem da Mulher nos Meios de Comunicação (catorze de...

 
 
 
 
Sitevip Internet