Notícias / Cidades

22/10/17 às 10:00

Confresa - Servidores ainda não receberam salário de dezembro e 13º de 2016

Sindicato afirma que prefeito fez acordo com servidores e não cumpriu. Segundo presidente de entidade, apenas alguns servidores receberam os vencimentos.

G1/MT

Edição AguaBoaNews, Clodoeste 'Kassu'

Imprimir Enviar para um amigo
Os servidores municipais de Confresa, a 1.160 km de Cuiabá, entraram em greve nessa sexta-feira (20) para cobrar o recebimento de vencimentos atrasados. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais alega que a maioria ainda não recebeu o salário de dezembro e nem o 13º salário de 2016.
 
O presidente do sindicato, Paulo César Carvalho, afirmou que houve um acordo entre o sindicato da categoria com o prefeito do município, Rônio Condão (PSDB), mas que esse acordo não foi cumprido e que o pagamento foi feito apenas para alguns servidores. A reportagem não conseguiu localizar o prefeito do município até a publicação desta reportagem.
 
"Ele propôs pagar esses valores em 10 parcelas, porque não tinha dinheiro em caixa, mas não concordamos e sugerimentos que a prefeitura pagasse primeiro aqueles que recebem menos e, gradativamente, no decorrer do ano, todos os servidores receberiam, Aparentemente, ele concordou, mas não cumpriu", contou o sindicalista.
 
Carvalho informou ter solicitado, mediante ofício protocolado na prefeitura, informações sobre os pagamentos que já tinham sido feitos, já que alguns servidores teriam recebido e outros, não. Mas, segundo ele, o prefeito se negou a fornecer esses dados ao sindicato.
 
"A situação é grave, preocupante, porque esses servidores estão em situação caótica. É um descaso por parte da prefeitura com os servidores municipais", afirmou.
 
Por outro lado, segundo o presidente do sindicato, o prefeito já aumentou o salário dos secretários municipais e não paga os servidores.
 
Confresa, município que tem 38 mil habitantes, segundo o IBGE, é um dos municípios de Mato Grosso que estão tendo dificuldades financeiras, de acordo com um levantamento da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). Pelo menos 20 municípios, estão com déficit financeiro.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

A arte é única e o artesanato é repetição

Deus seria um artista ou um artesão? Qual composição musical pode ser chamada de artesanato ou arte? Qual trabalho em geral deve ser denominada arte e qual artesanato?   Como está a arte no Brasil? Num país...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet