Notícias / Notícias Gerais

12/10/17 às 11:50

Energia é restabelecida em 15 municípios do Araguaia em MT após mais de 20 horas

Fornecimento voltou ao normal no início da tarde desta quarta-feira (11). Aproximadamente 50 mil unidades consumidoras foram afetadas na região.

Lislaine dos Anjos, G1 MT

Imprimir Enviar para um amigo
Energia é restabelecida em 15 municípios do Araguaia em MT após mais de 20 horas

Foto: Divulgação/Energisa

fornecimento de energia elétrica foi restabelecido em 15 municípios da região do Araguaia, em Mato Grosso, no início da tarde desta quarta-feira (11), após mais de 20 horas. Segundo a Energisa, concessionária responsável pelo serviço no estado, os reparos foram efetuados e o fornecimento retomado às 14h04.
 
Desde o final da tarde de terça-feira (10), estavam sem o serviço os municípios de Alto da Boa Vista, Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Confresa, Luciara, Novo Santo Antônio, Porto Alegre do Norte, Querência, Ribeirão Cascalheira, Santa Cruz do Xingu, Santa Terezinha, São Félix do Araguaia, São José do Xingu, Serra Nova Dourada e Vila Rica.
 
O fornecimento de energia elétrica foi interrompido após uma ventania derrubar cinco torres de distribuição de alta-tensão e sete postes na região de Canarana, a 838 km de Cuiabá. Conforme a Energisa, a rede que passa pela cidade é a responsável por distribuir energia para os 15 municípios afetados.
 
Ao todo, segundo a concessionária, cerca de 50 mil unidades consumidoras foram afetadas pela queda das torres e postes.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Eduardo Gomes de Andrade

De mundo melhor

Manso, o fogo sapecava as cascas das árvores tortas do cerrado mato-grossense e engolia o capim nativo. No processo natural ambiental, em poucos dias o verde espalhava-se pelo chão no renovado capim e subia ao topo das lixeiras e das...

 
 
 
 
Sitevip Internet