Notícias / Educação

21/09/17 às 14:03

UFMT é a melhor universidade do Estado, segundo Ranking Universitário Folha 2017

RDNews

Edição AguaBoaNews, Clodoeste Pereira 'Kassu'

Imprimir Enviar para um amigo
UFMT é a melhor universidade do Estado, segundo Ranking Universitário Folha 2017

Foto: Divulgação

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) é a melhor instituição de ensino superior do Estado, segundo o Ranking Universitário Folha (RUF) de 2017 em lista que aponta as 195 melhores instituições públicas e privadas de ensino superior do país. No levantamento, a UFMT obteve expressivo resultado nacional, alcançando o 33º lugar na classificação geral e mantendo a terceira colocação na região Centro-Oeste.

Os dados que compõem os indicadores de avaliação do RUF são coletados por uma equipe da Folha em bases de patentes brasileiras, em bases de periódicos científicos, em bases do MEC e em pesquisas nacionais de opinião feitas pelo Datafolha.

O índice foi publicado nesta segunda (18) pela Folha de S. Paulo. As 195 universidades do país foram avaliadas em cinco grandes áreas: ensino, inserção no mercado de trabalho, pesquisa, internacionalização e inovação. Neste ano, a avaliação passou por revisão e a nota final, que totaliza 100 pontos, foi redimensionada: a pesquisa equivale a 42% da nota; o ensino, 32%; o mercado de trabalho, 18%, a internacionalização e a inovação, 4% cada um.

Nestes cinco quesitos, a UFMT avançou em quatro: ensino (de 24,11 para 24,27), mercado (de 13,96 para 14,54), inovação (de 1,69 para 1,82) e internacionalização (de 2,25 para 2,49). Os cursos mais se sobressaíram neste ano, com relação ao mesmo ranking no ano anterior foram: Direito (de 31º em 2016 para 27º), Engenharia Ambiental (de 32º em 2016 para 28º), Farmácia (de 49º em 2016 para 30º), Medicina (de 32º em 2016 para 21º), Publicidade e Propaganda (de 39º em 2016 para 23º) e Nutrição (de 21º em 2016 para 18º).

“O ranking da Folha de S. Paulo demonstra que a UFMT está no caminho certo. A cada avaliação aumenta sua posição e muda, principalmente, fatores, e itens que a Universidade entende como desafio, que é o caso da inovação, da internacionalização, mantendo o avanço do ensino”, destaca a reitora, professora Myrian Serra.

“Vemos esse indicador como uma notícia muito boa porque representa a UFMT como a terceira instituição da região Centro-Oeste, atrás apenas da Universidade de Brasília [UnB] e da Universidade Federal de Goiás [UFG]”, completa. Para entender mais sobre como é feito o ranking das universidades acesse o site do RUF 2017. (Com Assessoria)
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Não temos para onde fugir

            Neste momento de dificuldade que estamos todos passando e que o maior atingido na insegurança é o rico, pois que este além de sentir o pavor eminente da tristeza...

 
 
 
 
Sitevip Internet