Notícias / Policial

22/08/15 às 21:25 / Atualizada: 22/08/15 às 21:34

Vídeo: Produtores rurais reclamam de insegurança em fazendas de Goiás

Quadrilhas visam roubar máquinas e defensivos agrícolas, dizem vítimas. Em Piracanjuba, grupo fez família refém e causou prejuízo de R$ 300 mil.

G1/GO

Imprimir Enviar para um amigo
Vídeo: Produtores rurais reclamam de insegurança em fazendas de Goiás

Quadrilha roubou máquinas de fazenda em Piracanjuba

Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Fazendeiros reclamam de insegurança na zona rural de Piracanjuba, no sul goiano. Segundo os produtores, as quadrilhas visam o roubo de máquinas e defensivos agrícolas. No último caso registrado, criminosos ameaçaram de morte funcionários da propriedade rural.

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás não tem um registro de quantos crimes ocorreram na zona rural de Piracanjuba. No entanto, segundo os produtores, foram cinco casos na região neste ano.

 
 
Na fazenda de Manuel Garcia de Paula, os assaltantes chegaram ao local quando os funcionários não estavam. Os criminosos esperaram os moradores para pegar as chaves das máquinas.

Quando o caseiro, a mulher dele e os filhos chegaram à propriedade, eles foram rendidos. Os parentes do funcionário ficaram cinco horas trancados em um quarto da fazenda sendo vigiados por dois criminosos.

“Um deles falava: Cala a boca, não fala nada porque eu mato vocês, não vou fazer nada com vocês se vocês colaborarem'. É muito doloroso uma mãe ver uma pessoa com uma arma na cabeça dos seus filhos sem poder fazer nada”, conta a esposa do caseiro, Eliene Pereira da Silva.

Os criminosos levaram um trator e uma pá carregadeira, sendo que a última havia sido emprestada por uma cooperativa da cidade para auxiliar na construção de um novo galpão. Eles ainda roubaram 500 litros de óleo diesel.

A quadrilha usou um caminhão pra transportar as máquinas. De acordo com o produtor rural, o prejuízo foi de mais de R$ 300 mil.

Filho de Manuel, o agricultor Jailton Garcia diz que esta foi a primeira vez que fizeram reféns em fazendas do município. “Nas outras vezes foram roubados máquinas e adubos deixados no campo, no local de trabalho. Eles [criminosos] foram à noite e embarcaram [o maquinário] no caminhão”, afirma.

Jailton e o pai afirmam que a produção de soja será prejudicada. “Agora a gente precisa começar o plantio e a gente não tem o trator que vai puxar a plantadeira. Como que faz?”, questiona o agricultor.
A Polícia Civil informou que está investigando os crimes cometidos em fazendas da região.

Ver vídeo da reportagem AQUI

 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Evandro Carlos

Mauro Mendes, seu plano era “iludir”? Que pena, o meu era te fazer feliz!!!

A música Milu, do cantor mineiro Gustavo Lima, é um dos grandes hits da musica nacional da atualidade, nela o interprete conta a historia de alguém que vive iludido, lembrando que quem cai uma vez, cai três, mas que ele...

 
 
 
 
Sitevip Internet