Notícias / Agronegócios

13/08/17 às 11:27 / Atualizada: 13/08/17 às 11:40

Cerenge começa a construir mega armazém de grãos em Nova Xavantina

Ezio Garcia

NX1.com.br

Imprimir Enviar para um amigo
Cerenge começa a construir mega armazém de grãos em Nova Xavantina

Foto: NX1.com.br

Esteve em Nova Xavantina na última quinta feira, 10, o proprietário da empresa Cerenge - Armazéns Gerais, empresário Gelso Valdir Reinheimer.

Ele se reuniu com o prefeito João Batista Vaz da Silva, o João Cebola (PSD); com o presidente do Sincato dos Produtores Rurais de NX, Carlos Alberto Petter, o Beto, e com o empresário e produtor Wilke Parreira.

Juntos, visitaram o local onde será construído um mega armazém em Nova Xavantina, na margem da BR-158 (foto).

O empreendimento terá capacidade para armazenar 900.000 sacas de grãos, cerca de 36% do total da produção de NX, hoje calculada em torno de 3.240.000 sacas (média de 54 sacas por ha, vezes 60 mil ha plantados na safra 2016/2.017).

NOVO IMPULSO
O empresário adquiriu 12 ha. de área na entrada da estrada para o Vale da Serra e Serra Azul, exatamente na esquina onde ficava o antigo comércio da Senhorinha, na divisa com município de BG, dentro do município de Nova Xavantina; para lá construir a obra.

"Serão dois silos cada qual com capacidade de 150 mil sacas, mais um galpão com capacidade de armazenagem de 600.000 sacas" explicou Beto, entusiasmado com a obra: "Está localizada num ponto estratégico, na entrada da região de onde sai cerca de 60% da nossa produção".

Para ele, os produtores não irão "enfrentar" os desgastantes quebra molas do trecho  para entregar o produto nos armazéns da cidade. "A tendencia será entregar na Cerenge" projetou o presidente.

Falando ao site NX1, o prefeito Cebola acredita que o empreendimento irá gerar cerca de 50 empregos diretos, dada as proporçoes de sua estrutura; fora a geração de impostos e o impacto benéfico da obra no cenário do agro negócio em Nova Xavantina, já fortemente impactado na pecuária com a reabertura do frigorífico, e agora também na agricultura

PARCERIA
O prefeito adiantou que a Prefeitura irá fazer todo o trabalho de terraplanagem e limpeza do terreno, além da importante obra da entrada do armazém, que será o aterro que dá de frente para a BR-158, onde os caminhões irão manobrar, estacionar, tirar e por a lona, enfim, se preparar para descarregar o produto, uma espécie de um grande estacionamento ou área de manobra dos veículos.

"Hoje os armazéns não admitem mais a permanência dos caminhões em seu pátio, é só descarregar e vazar" explicou Beto, o que  faz supor que o referido aterro será um grande cartão postal do armazém, visto estar no primeiro plando de visibilidade do empreendimento para quem passa na BR-158.

Outro trabalho à cargo da Prefeitura é o corte da estrada do Vale da Serra, no seu ponto de chegada na BR-158, desviando-a para sair por trás do armazém, para facilitar as manobras e descarregamento dos grãos.

Segundo prefeito, também está sendo feito um estudo sobre incentivos fiscais a serem dados à Cerenge, como forma atrativo ou a parte do município na concretização do projeto.

Segundo Beto, o armazém deverá estar funcionando na safra 2018/2019. 
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Fernando Rizzolo

New Deal no Brasil

Bairro simples da periferia. O cheiro de café ainda estava pela cozinha e transpunha a sala com móveis simples, um sofá velho e uma antiga televisão que tinha em cima dela algumas xícaras, daquelas que têm o...

 

Enquete

Se a eleição para presidente tivesse Jair Bolsonaro e Sérgio Moro como candidatos, em quem você votaria?

 
 
 
Sitevip Internet