Notícias / Agronegócios

08/08/17 às 12:10 / Atualizada: 08/08/17 às 12:24

Preços da arroba ganhando força no mercado do boi gordo

Cenário de firmeza nos preços no mercado do boi gordo é cada vez mais visível na maior parte do país

Scot Consultoria

AguaBoaNews

Imprimir Enviar para um amigo
Preços da arroba ganhando força no mercado do boi gordo

Foto: Divulgação

O cenário de firmeza nos preços no mercado do boi gordo é cada vez mais visível na maior parte do país. Na última segunda-feira (7/8) houve reajuste positivo em quinze praças, o que evidencia o cenário de recuperação para a arroba. Com a diminuição da oferta de boiadas em decorrência da queda na qualidade das pastagens, o viés de alta no mercado do boi gordo deverá se manter em curto prazo.

Em São Paulo a arroba está estável, cotada em R$125,00, à vista, livre de Funrural, segundo levantamento da Scot Consultoria. As escalas no estado giram em torno de cinco dias. Já é possível notar uma leve diminuição nas programações de abates das indústrias, porém, nada que ainda possa interferir de maneira mais intensa no mercado. No mercado atacadista de carne bovina com osso, a carcaça de animais castrados está cotada em R$8,75/kg.

Alta de preços da carne bovina no atacado

Após quase dois meses de queda da carne bovina sem osso no atacado, os preços subiram
Imagem créditos: ABHB
 
Após quase dois meses de queda da carne bovina sem osso no atacado, os preços subiram. Na média de todos os cortes pesquisados pela Scot Consultoria, o aumento foi de 1,4% nos últimos sete dias. A valorização foi puxada principalmente pelos cortes do traseiro, com alta média de 1,6%. Já os cortes do dianteiro, subiram 0,8%, em média.
 
Entre os cortes, destaque para a fraldinha com alta de 4,5% e o coxão duro com valorização de 3,2% no período. De maneira geral, o que se observa é a melhora da demanda diante da entrada da primeira quinzena do mês (período de melhora no poder de compra da população). Assim, com o mercado do boi gordo com preços firmes nos últimos dias e a alta na carne bovina, as margens de comercialização das indústrias que fazem a desossa continuam em patamares historicamente elevados. Atualmente elas estão em 34,9%, são mais de 10 pontos percentuais acima da média histórica.
Imprimir Enviar para um amigo

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Dr. Rosário Casalenuovo Júnior

Queimada e tempo seco não são os agentes principais das doenças respiratórias

As clínicas de otorrinolaringologista e pneumologia ficam cheias nesta época do ano. Crianças e idosos sofrem para dormir, principalmente devido à baixa resistência do organismo, fato que provoca com facilidade...

 
 
 
 
Sitevip Internet