Artigos / Onofre Ribeiro

25/01/15 às 11:01 / Atualizado: 22/08/15 às 10:22

Refugiados climáticos

Imprimir Enviar para um amigo
O Brasil está vendo a crise generalizada da água no Sudeste brasileiro. Falta chuva pra abastecimento de água em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, com possibilidades de alcançar o Sul. Estamos falando de água pra beber e tomar banho. É absolutamente surreal constatar uma realidade dessas no começo do século 21.

Mas a falta de chuvas que ameaça o abastecimento de água de uso humano, está ameaçando a geração de energia elétrica no país. No correr da semana passada houve apagões inevitáveis mais de uma vez em regiões distintas do Sudeste. Estamos falando, em última hipótese, do tão discutido e difamado aquecimento global que vem sendo anunciado desde a Conferência Mundial do Meio Ambiente, em Estocolmo, na Suécia, em 1972.

Antes de entrar por essa vereda do assunto, gostaria de lembrar dois episódios. Em 2013 apresentava o programa semanal "Hora Marcada", na TV Cultura de Cuiabá. Num dos programas entrevistei fora dos contextos habituais João Carlos Santini e Dalvan Luveson. Eles conduzem o Movimento Místico e Ecológico do Roncador. É uma instituição que administra um projeto espiritualista localizado próximo à Caverna do Roncador, entre os rios das Mortes e Araguaia, município de Nova Nazaré. Tivera a oportunidade de visitá-los duas vezes durante encontros de vibração de cura, realizados dentro da caverna. Fiquei profundamente impressionado com tudo que vi ali. Mas esse não é o assunto.

No programa ambos disseram que os problemas climáticos vão assolar o mundo nos próximos anos e décadas a níveis insustentáveis às atividades humanas e econômicas. Porém, a região central do Brasil, com foco no Roncador, será poupada desses acidentes climáticos por circunstâncias climáticas, espirituais e evolucionais da raça humana.

Por isso, asseguraram e continuam defendendo que Mato Grosso naquela região e num círculo dentro do Centro-Oeste brasileiro, será "a pátria dos refugiados climáticos do mundo". Outro dia, escutei do empresário Paulo Gasparoto, de Cuiabá, um conceito provocador: "quem compra terras em Mato Grosso está comprando clima". Juntando o Roncador com a visão de Paulo Gasparoto, enxergo nelas um papel muito importante de nosso estado dentro dessa crise que começou no país pela água, mas pode se estender infinitamente à vida e à economia. Voltarei ao assunto.
Onofre Ribeiro

Onofre Ribeiro

Onofre Ribeiro é jornalista em Cuiabá, Mato Grosso, consultor em comunicação e estratégias e professor.
ver artigos

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Pandemia com clausura

Quando chegamos ao Planeta Terra encontramos dificuldades no convívio com pessoas que vamos encontrando pelo caminho. Interessante que não adianta nos mudarmos de bairro, cidade e até de estado, que vamos nos deparar com...

 
 
 
 
Sitevip Internet