Artigos / Benedito Figueiredo Junior

11/07/16 às 10:01

Meu bebê nasceu com lábio leporino e agora?

Imprimir Enviar para um amigo
Em torno de 1,3 criança no mundo para cada mil nasce com lábio leporino, mas o que é isso  e o que fazer?

Vamos por parte, o lábio leporino (fissura Labio-palatal) é  uma abertura no lábio e/ou  palato por conta da formação incompleta do lábio e/ou do palato (céu da boca), enquanto o bebê está se formando, antes de nascer. Dessa forma a má formação resulta em  fissuras impedindo que o lado esquerdo e o direito do lábio não se juntam, ficando um espaço  aberta até o nariz, essa abertura acompanha no palato.


 A causa ainda não é 100% comprovada, mas pesquisas mostram que há pessoas com pré-disposição genética na família, mas pode ser também uso de medicação ou situações adversas na formação do bebê durante a gravidez.

 Mas o que fazer? Primeiro passo é procurar um pediatra que vai encaminhar para um otorrino e nutricionista para que a mãe consiga alimentar o bebê, visto que com a abertura a criança não consegui sugar o peito nem a mamadeira,  até que seja feita a primeira cirurgia corretiva do lábio aos 3 meses de idade. 

 A criança continua sendo acompanhada após a cirurgia de união dos lábios. Em seguida vamos para a próxima etapa em que será unida a parte mole do palato de 6 a 12 meses. Nesse momento já entra também o acompanhamento da fonoaudióloga para que a criança comece a falar.

 Nesse caso também haverá diferenças. Se a fissura atingir somente o lábio é improvável que haja problemas de fala. Entretanto se chegar até o céu da boca, além das cirurgias corretivas, haverá necessidade de tratamento fonoaudiólogo e o ortodontista para acompanhar a dentição. Em alguns casos,  anos mais tarde é necessário usar aparelho.

 Após essas duas cirurgias, em geral a criança leva vida normal. Em alguns casos a criança apresenta desvio de septo(nariz torto) que deve ser corrigido quando os ossos da face terminam de se formar por volta dos 16 anos. Neste caso passa por nova cirurgia. Também pode apresentar  adenoide(a chamada carne esponjosa) que também é retirada. A alta geralmente acontece aos 20 anos, visto que o acompanhamento é feito ainda após a finalização das 3 etapas.

 A cirurgia de correção é 100% reparadora e coberta pelo Sistema Único de Saúde(SUS) e por planos de saúde.


Lembre-se que a Fissura Lábio-Palatal não passa de uma malformação dos lábios, não é associado a retardo mental.
Benedito Figueiredo Junior

Benedito Figueiredo Junior

Benedito Figueiredo Junior é cirurgião plástico na Angiodermoplastic. CRM 4385 e RQE 1266.
ver artigos

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Gilberto Figueiredo

Oficialização de Pazuello em Ministério garante continuidade de ações na Saúde

Foi com satisfação que recebi a notícia da permanência e oficialização de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde. O gestor, que antes atuava como interino, assumiu oficialmente a pasta na...

 
 
 
 
Sitevip Internet