Artigos / Gabriel Guidotti

13/03/16 às 20:42

Esperança para mudar de vida

Imprimir Enviar para um amigo
Em segundos, é possível mudar de vida. Uma palavra, uma imagem, uma frase descontextualizada altera tudo. De surpresa, a clarividência passa correndo por sua mente, como uma gota de chuva indo ao chão. Nossa compreensão engrandece e envelhecemos anos num piscar de olhos. Antigas memórias resguardam o nome de um indivíduo que não mais existe.
 
O aprendizado na vida vem a passos largos, lentos. Difícil é conter a ansiedade para ver a parede de tijolos edificada. No caminho, uma série de percalços. Observe a ganância. Quem tudo tem, quer ainda mais. Numa sociedade que prega o ter em vez do ser, não há anomalia. Há, sim, conformidade. Os poucos – privilegiados – que apostam na riqueza do espírito lutam para evitar a corrosão provocada pela massa de consumo.
 
Observe o arrependimento. Ninguém é perfeito. Se alguém fosse, este nomearia uma nova religião. Por serem imperfeitas, as pessoas reclamam demais de si, atrapalhando-se por problemas que somente elas têm condição de solucionar. Aquilo que era para ser, não foi. Aquilo que foi, não era para ser. A angústia constitui um câncer da alma. Não existe antídoto que cure as doenças interiores, exceto novas e revigoradas intenções.
 
Observe a guerra, a paz. Estamos em permanente confronto. O confronto de conceitos, de ideias. Mudar, assim, é tarefa difícil, mas não impossível. Você se adéqua, cede às adversidades. Desse modo, a vitória acontece. Você se impõe, quando o dever chama. Nada mais será como antes. Num segundo, desfazem-se amizades, criam-se amores. O piscar de olhos da existência.
 
Observou tudo isso? Agora chega a hora de você traçar um plano. Não chore, sorria. Apague pensamentos pueris e tire o melhor proveito de cada situação. O plano não é exato. Um tigre habita cada um de nós. Encontre-o. Os demais, acredite, vão fazer o mesmo. Esses tempos insanos não admitem parar e esperar. Os sobreviventes do amanhã são aqueles que carregam no coração, hoje, um inabalável sentimento de esperança. Sim! Em segundos, é possível mudar de vida.
Gabriel Guidotti

Gabriel Guidotti

Gabriel Bocorny Guidotti é bacharel em direito, jornalista e escritor.
Porto Alegre – RS
ver artigos

comentar  Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
 

veja maisArtigos

Telma Cenira Couto da Silva

As mulheres da minha vida

Thomires era o nome da minha avó paterna.  Descendente de franceses, tinha a pele muito alva e os olhos azuis claros, que lembravam o mar. O louro esbranquiçado do seu cabelo remetia-me aos das minhas bonecas. Adorava admirar o...

 
 
 
 
Sitevip Internet