Artigos / Alan Rodrigo Apio

23/11/15 às 20:02

Cuidado com o Político Mágico!

Imprimir Enviar para um amigo

Foto: Google Imagens

Em uma entrevista, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, exaltou uma das suas grandes conquistas, que de acordo com ele, foi tirar da pobreza milhões de pessoas. Na ocasião Lula contou sobre um Fórum que participou na Europa, ainda como presidente, onde descreveu para uma plateia encantada com aquela figura barbuda como o Brasil, com “25 milhões de crianças de rua”, começou a reverter tal situação. Líderes ficaram boquiabertos, a mídia entrou em parafuso, artistas e professores foram ao delírio. Aquele homem era um gênio. Um estadista brilhante. Parecia que fazia mágica. E de fato fez.

O próprio Lula reconheceu depois, na mencionada entrevista: “Eu nem sabia quantas eram as crianças de rua. Eu ia inventado os números e o povo ia aplaudindo”. Sendo assim, é claro, quando os incríveis números de crianças de rua foram se mostrando inverídicos, o truque já estava feito. Era óbvio que Lula tinha salvado aqueles milhões. Ele fez como qualquer mágico, que com uma moeda na mão, a faz sumir diante dos olhos arregalados da plateia inocente. Fim da mágica. Puff!

Esse é o truque mais antigo do político mágico. Ele inventa um problema, ou desenterra alguma norma antiga em desuso, faz um alvoroço sobre ela e depois que a bagunça passa e a ilusão das consequências daquele problema nunca acontecem ou se acontece, em uma escala muito menor, o político mágico colhe os frutos de seu truque, como sendo o grande salvador. Sendo a magia uma arte de ilusões, esse político, assim como o mágico, manipula as informações na sua frente, como uma mão segurando a moeda, distraindo-te da outra que faz toda a ação de verdade. É o velho truque de fazer o povo de bobo, enquanto a plateia aplaude o espetáculo, sendo usurpada por suas ignorâncias. Nos dois casos, é a posse de precária informação por parte da plateia que dá todo o poder ao mágico ou ao político mágico. Ao criar-se uma situação hipotética, ela simplesmente se resolve hipoteticamente. Inventa-se o monstro. Mata-se o monstro. Vira-se herói.

 E da mesma como faz desaparecer, o político mágico também faz aparecer. Ciente e informado de projetos e ações em andamento, mesmo bem longe de sua alçada, ele se expõe pouco antes da situação vir à tona, e quando ela aparece, ele surge como um de seus criadores. Como o mágico, ele fez um coelho surgir na cartola, mas como todo sujeito bem informado sabe, o coelho na verdade sempre esteve lá.

Isso tudo me lembra de uma velha história de Cristóvão Colombo e que serve como perfeita analogia para essas situações. Ancorado em alguma ilha asiática, precisando de suprimentos para seguir viagem, Colombo ameaçou as tribos locais com o sumiço da Lua caso elas não dessem a ele tudo o que quisesse. Descrentes, eles o ignoraram. Foi quando logo depois, a Lua brilhante no céu, começou a escurecer e por fim desapareceu. Desesperados, os ingênuos habitantes da ilha prometeram dar a Colombo tudo o que ele queria em troca da volta da sua companheira das noites. Logo em seguida a Lua começou a reaparecer, como em um ato de mágica. Todos ficaram maravilhados com o poder daquele sujeito. O que o povo daquela ilha nunca descobriu é que Colombo, dotado de estudos astronômicos, sabia com meses de antecedência da ocorrência de um eclipse lunar e que ele seria visível apenas naquela ilha. Ele tinha a informação, o povo da ilha não. E quando Colombo zarpou, eles ficaram felizes aplaudindo a misericórdia daquele homem estranho, enquanto ele sumia no horizonte carregado com suas benfeitorias e seus suprimentos. Puff!
Alan Rodrigo Apio

Alan Rodrigo Apio

Alan Rodrigo Apio é produtor rural, biólogo, fundador do Movimento Cívico das Vítimas de Trânsito - MOVETRAN e presidente da AMAB - Associação MultiCultural de Água Boa.
ver artigos

comentar2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agua Boa News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agua Boa News poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • por Preocupado, em 30/04/19 às 15:13

    FICO PREOCUPADO COM A ATUAL SITUAÇÃO DO BRASIL, UMA VEZ QUE, NIMGUÉM PODE DIZER SE É OU NÃO É! COMO POSSO ACREDITAR NUMA JUSTIÇA QUE É INDICADA PELOS PRÓPRIOS POLITICOS, DESTA FORMA PENSO QUE SOMENTE SERÃO JULGADOS COM JUSTIÇA OS QUE FICAREM FORA DO BOLO. AINDA É CEDO, TEMOS QUE DAR UM VOTO DE CONFIANÇA AO GOVERNO BOLSONARO, MAS, A IMPRESSÃO QUE ESTÁ PASSANDO É QUE O RICO CADA VEZ FICA MAIS RICO E O POBRE CADA VEZ MAIS POBRE E ESCRAVIZADO PELOS POLITICOS E RICOS. PROVA DISSO FOI A PROPOSTA DA PREVIDENCIA ENVIADA A CCJ. COMO TODO BRASILEIRO TENHO ESPERANÇA, MAS TEMOS QUE FICAR DE OLHOS BEM ABERTOS!

  • por Luis Gonzaga Domingues, em 01/07/16 às 14:06

    O seu Alan consegue enganar somente este site, por que a mim ele não engana. Elaborar um texto sem sustentação científica com apoio de grande pensadores jamais podemos considerar um artigo. Além disso, é um despoletizado e analfabeto funcional. O mesmo deve ler mais e procurar se apoiarem estudos científicos para poder contextualizar melhor.

 
 

veja maisArtigos

Nilton Moreira

Estrada Iluminada - Depois do passamento

           Seguidamente nos perguntam a respeito de questões sobre a vida no além-túmulo, e isso geralmente acontece quando alguém perde um ente querido, principalmente...

 
 
 
 
Sitevip Internet